População do Jd. Vieira será atendida por caminhões-pipa

A partir de junho, o Jardim Vieira, na região do Taboão, terá abastecimento de água por meio de caminhões-pipa do Sistema de abastecimento de água de Mogi das Cruzes (Semae). A iniciativa é uma medida provisória, enquanto a autarquia busca uma solução definitiva para o bairro, que é um núcleo urbano isolado na Serra do Itapeti, onde não há rede de abastecimento público. A alternativa estava em estudo desde o início deste ano.

Por ser um loteamento isolado e distante da área urbana, a solução mais adequada para o Jardim Vieira é a implantação de um sistema autônomo de abastecimento, com poço, casa de química para tratamento da água e reservatório, como foi feito em bairros como Chácaras Guanabara.

No entanto, não é possível, no momento, fazer estimativas precisas de valor e prazo, pois serão necessários detalhados estudos técnicos e projetos.

"Não é um processo simples: somente os estudos hidrológicos mostraram que a região do Jardim Vieira apresenta solo rochoso composto por quartzito, mármore, metacalcário e outros. Naquela região, estima-se profundidades elevadas para encontrar água de boa qualidade, segundo os levantamentos preliminares", explicou na semana passada o então diretor-geral do Semae, Marcelo Vendramini.

Levando em consideração a composição do solo e a profundidade do poço, os investimentos poderão exceder a ordem de R$ 2 milhões para criação de um poço e rede, sem considerar os custos de operação.

Importante salientar ainda a necessidade de outorga do Estado (Departamento de Águas e Energia Elétrica - DAEE) para permissão de perfuração e uso da água subterrânea.

Setorização

O atendimento ao Jardim Vieira será possível a partir do próximo mês porque o Semae concluiu, na anteontem, a ligação de água para três prédios públicos da Estrada de Santa Catarina, em Cezar de Souza, que eram atendidos por caminhões-pipa e começarão a ser abastecidos pela rede de distribuição: Escola Municipal Rural Prof. Margareth Unger Lamas Rosa, Centro de Controle de Zoonoses e Centro de Bem Estar Animal.

A obra integra a setorização da região leste, que está em andamento para melhorias no abastecimento naquela área da cidade. Com isso, os caminhões que atendiam as três unidades poderão ser destinados ao Jardim Vieira.

"Apesar da dificuldade para abastecer o Jardim Vieira, devido à distância e às condições do solo, queremos prestar um serviço de qualidade à população, atuando de forma sustentável e melhorando as condições de vida de quem mora naquele bairro", conclui.