Cras do Casa Branca comemora dois anos de atendimento

Cras está sediado na rua Maria Clara Tavares, no Parque Residencial Casa Branca
Cras está sediado na rua Maria Clara Tavares, no Parque Residencial Casa Branca - FOTO: Wanderley Costa/Secop Suzano

O Centro de Referência em Assistência Social (Cras) Jorge Moreira, na região da Casa Branca, completou dois anos de atuação na terça-feira, com a marca de 4 mil famílias cadastradas, de mais de 40 bairros, o que corresponde a 10 mil pessoas. Em meio à pandemia do novo coronavírus, o atendimento mensal chega a 320 usuários, o que representa uma média de 16 atendimentos por dia.

Com sede na rua Maria Clara Tavares, 125, no Parque Residencial Casa Branca, o espaço oferece acolhimento e apoio para a aquisição de diversos programas de assistência social, como o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF), e encaminha os cidadãos que se enquadram nos perfis adequados para programas sociais dos governos federal e estadual, como o Bolsa Família, o Renda Cidadã e o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Para prestar auxílio à população, a unidade conta com dois assistentes sociais, dois educadores sociais, dois entrevistadores, um psicólogo, dois funcionários do setor administrativo, dois ajudantes gerais, um motorista, que auxilia em visitas domiciliares para atendimento e entrega de cestas básicas, além da coordenadora.

Entregue em 2019 pelo prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL), o imóvel tem 317,5 metros quadrados e conta com copa, refeitório, duas salas de atendimento familiar, sala de espera com ampla recepção acolhedora, brinquedoteca, sanitários adaptados, almoxarifado, sala de coordenação e sala multiuso para atividades comunitárias, à disposição das equipes. Tem também grande área externa para convivência entre os atendidos e toda a acessibilidade necessária.

Segundo a coordenadora da unidade, Maria Auxiliadora, o Cras Casa Branca teve que se adaptar ao atual cenário. O serviço, por exemplo, tem acompanhado de forma constante 150 pessoas, com atendimento por agendamento, além de promover atividades online focadas no monitoramento de crianças e adolescentes.

"Nos últimos meses, notamos uma procura maior de pessoas ligadas ao comércio. Por isso, além de todo o apoio dado pelo Cras, também estamos focados em uma parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) para a oferta de capacitações por meio do 'Empreenda Rápido'. Nosso objetivo é prestar todo o auxílio para esse público, visando que os empreendedores consigam fortalecer seus negócios", disse a coordenadora.

Ainda de acordo com Maria, a unidade da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social tem mantido contato com grupos de idosos, para que possam dialogar sobre o dia a dia e promover troca de experiências, e também com um grupo de jovens, principalmente entre 6 e 17 anos, em um trabalho constante de prevenção à violência nas escolas.

Para o titular da pasta, Geraldo Garippo, a assistência social tem uma grande responsabilidade, que é o de discutir a vulnerabilidade e melhorar a qualidade de vida das pessoas, com atendimento digno e humanizado. "O Cras Casa Branca é referência em nossa cidade e, desde sua entrega, tem acolhido mais e mais famílias. Para mim, é uma grande honra estar à frente desse trabalho social", afirmou.