Pessoas acima de 18 anos vão receber vacina em Ferraz

Ferraz de Vasconcelos inicia hoje a vacinação contra o coronavírus (Covid-19) em pessoas com 18 anos ou mais que tenham comorbidades. A aplicação ocorre em oito polos de imunização. Pessoas com 60 anos ou mais sem comorbidades, funcionários do transporte público, da saúde, gestantes e puérperas continuam sendo vacinadas.

Para comprovar a comorbidade, o morador deverá apresentar exames, receitas de medicamentos ou laudo médico, além dos documentos que já são praxe, como documento de identificação com foto, comprovante de endereço e CPF.

Na Igreja Nossa Senhora da Paz, no Centro, a aplicação ocorre das 8 às 15 horas. Já nos outros polos de vacinação, os postos de saúde do Jardim Rosana, Jardim Bela Vista, Vila Margarida, Vila São Paulo, Cidade Kemel, Santo Antônio e Jardim Yone, a imunização ocorre até às 13 horas.

Sobre as comorbidades, cabe destacar que as que estão sendo contempladas são as seguintes: diabetes, doença renal crônica, hemoglobinopatias graves, cirrose hepática, todos os tipos de hipertensão, obesidade mórbida, insuficiência cardíaca, cor pulmonale e hipertensão pulmonar, cardiopatia hipertensiva, síndromes coronarianas, valvopatias, miocardiopatas e pericardiopatias, doença da Aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas, arritmias cardíacas, cardiopatias congênitas do adulto, próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados, pneumopatias crônicas graves e doença cerebrovascular.

A prefeita de Ferraz, Priscila Gambale (PSD), falou da satisfação com o avanço de mais um grupo. "Começar a vacinar os ferrazenses com 18 anos ou mais e que tenham alguma comorbidade é uma vitória. Aos poucos, vamos imunizando nossa população e vencendo este vírus. Pedimos para que todos que estão inseridos neste grupo não deixam de ir se vacinar", afirmou a chefe do Executivo ferrazense.

Segunda dose

O município também está aplicando a segunda dose em todas as pessoas que já cumpriram o prazo entre uma aplicação e outra. Vale lembrar que o intervalo entre a primeira dose e a segunda para quem tomou a AstraZeneca é de 12 semanas, e para a CoronaVac, 21 dias.

A segunda dose está sendo aplicada nos oito polos de imunização citados acima, nos mesmos horários. Os munícipes devem apresentar documento de identificação com foto, comprovante de endereço, CPF e comprovante da primeira dose.