Prefeitura de Mogi concorre a prêmio internacional

O projeto mogiano #FaçaumBemINCRÍVEL, idealizado pela produtora rural Simone Silotti, está concorrendo, em parceria com a Prefeitura de Mogi das Cruzes, ao prêmio 2021 Global Mayors Challenge, da Fundação Bloomberg, destinado a soluções inovadoras desenvolvidas em cidades após a pandemia da Covid-19. A iniciativa tem o propósito de evitar o desperdício de produtos agrícolas e destiná-los a famílias em situação de vulnerabilidade social. Em junho serão anunciadas as 50 soluções mais inovadoras e destas 15 serão selecionadas para receber US$ 1 milhão para o seu desenvolvimento.

Mogi das Cruzes é uma das 631 cidades de 99 países, que estão disputando a premiação. "O projeto é o mais lindo que já vi e muito necessário. Sobre tudo no contexto econômico atual que estamos vivendo com um contingente imenso de pessoas passando fome e agricultores com dificuldade de escoar a mercadoria", afirmou a produtora rural, que também é responsável pela execução do projeto. O #FaçaumBemINCRÍVEL já conquistou três prêmios, dentre eles o Empreendedor Social do ano em resposta à Covid-19, pela Folha de São Paulo e Fundação Schwab, pela ação inovadora, visionário e multiplicadora na categoria "Legado Pós-Pandemia".

A iniciativa nasceu em um cenário econômico e social difícil causado pela pandemia, que gerou impactos na Agricultura, umas das principais atividades econômicas do município e região, que integram o Cinturão Verde. As perdas e desperdícios no campo são superiores a 28% em todo o Brasil. Outro número que também tem crescido neste contexto é o da população de miseráveis. Somente na Região Metropolitana de São Paulo, o IBGE já apontava o crescimento entre 2016 e 2017 de 23,9%.

Diante deste contexto, o #FaçaumBemINCRÍVEL tem feito a diferença tanto na vida de quem produz o alimento, como na das famílias que enfrentam dificuldades. "É um projeto com grande impacto social, que dá oportunidade aos pequenos produtores e leva comida a quem precisa. A participação nessa premiação não só reconhece todo o trabalho que está sendo feito, mas abre uma janela importante para que ele seja escalonado e aplicado em outros lugares do Brasil e até mesmo em outros países", disse o prefeito Caio Cunha (Pode).

Pela iniciativa já foram arrecadadas dos pequenos produtores e doadas 200 toneladas de frutas, legumes e verduras, beneficiando mais de 200 mil famílias em 13 municípios da região metropolitana. Quem quiser contribuir, pode acessar a vaquinha online do projeto.