Contaminações e mortes por Covid apresentam diminuição

De acordo com a Prefeitura, foram 207 mortes em abril e 70 registradas em maio
De acordo com a Prefeitura, foram 207 mortes em abril e 70 registradas em maio - FOTO: Emanuel Aquilera

Levantamento feito pelo grupo Mogi News junto às cidades do Alto Tietê na tarde de ontem apresentou uma tendência de queda nos principais índices da pandemia do coronavírus (Covid-19).

A Secretaria de Saúde de Mogi das Cruzes informou em nota que a cidade chegou a registrar 2.702 casos de Covid-19 em abril, caindo para 2.321 em maio. As internações reduziram de 439 para 197 de um mês para outro, enquanto que o número de mortes foi, até o momento, mais acentuado: de 207 em abril para 70 em maio - no entanto, a Pasta reitera que ainda está recebendo informações retroativas e encerrando o número do período.

Em Suzano, o número de casos registrados chegou a diminuir quase um terço: de 2.960 em abril, a cidade fechou maio com 2.055 casos registrados. O número de internações, que era de 403 no mês de abril, teve uma leve queda, chegando a 353 no mês seguinte. Já as mortes tiveram uma redução de 50%, caindo de 166 para 84 no final do mês de maio.

A cidade de Itaquaquecetuba também apresentou reduções em seus indicadores. De acordo com a Pasta local da Saúde, 284 pessoas foram confirmadas com Covid em abril deste ano, enquanto que em maio foram 128. O número de internações caiu de 164 em abril para 62 em maio, e as mortes computadas foram de 139 há dois meses para 26 no mês passado.

No período entre abril e maio, segundo a pasta, foram registradas 2.286 pessoas contaminadas e 88 vítimas por Covid-19 na cidade. Sobre o número de internações, a Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos reafirma que não possui um hospital municipal, sendo todos os casos encaminhados ao Hospital Regional Dr. Osíris Florindo Coelho, de responsabilidade do Estado.

Na cidade de Poá, os números de casos positivos caíram de 860 em abril para 660. Em abril, a cidade confirmou 74 internações e 71 óbitos, mas ainda não conta com tais números para o mês de maio.

Uma das cidades que respondeu à reportagem que apresentou aumento em seus índices foi Guararema, que subiu o número de casos registrados de 435 em abril para 497 em maio, e de 67 pessoas internadas em abril para 76 no mês seguinte. No entanto, manteve-se a queda de mortes, de 12 para 9 entre os dois meses.

Segundo levantamento do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), as dez cidades da região contabilizam até o primeiro dia de junho 98.197 casos confirmados da doença e 4.193 vítimas. Os números são referentes a desde o início da pandemia, em março de 2020.