Guerrinha e Nilo Guimarães estão fora dos planos

Dentro do projeto de reestruturação do Mogi Basquete apresentado na tarde de ontem, duas mudanças na equipe principal chamaram a atenção: as saídas do treinador Jorge Guerra, o Guerrinha, e a de Nilo Guimarães da direção do clube. Segundo o secretário Ewerton Komatsubara e o diretor Renato Lamas, a saída de ambos faz parte do plano de reestruturação para o novo ciclo da equipe.

Desde 2016 no comando da equipe mogiana, Guerrinha conquistou a Liga Sul-Americana e o Campeonato Paulista de 2016, além de chegar às finais do NBB na temporada 2017-2018. Nilo Guimarães, por sua vez, ocupou em conjunto as atribuições da Secretaria de Esporte e Lazer de Mogi e a gestão do Mogi Basquete.

Questionado sobre o substituto de Guerrinha, o atual titular da secretaria informou que ainda estão sendo feitas as tratativas para um nome, mas que "será de alguém de Mogi". (A.D.)