Em Mogi, 1,4 mil ainda não tomaram a 2ª dose da vacina

Para tentar amenizar essa situação, Estado vai promover hoje o Dia D de vacinação
Para tentar amenizar essa situação, Estado vai promover hoje o Dia D de vacinação - FOTO: Emanuel Aquilera

Aproximadamente 1,4 mil moradores de Mogi das Cruzes ainda não haviam recebido a segunda dose da vacina contra o novo coronavírus (Covid-19) até o final do mês anterior, que ocorreu na última segunda-feira. As informações foram divulgadas há três dias pela Secretaria Municipal de Saúde.

Em Mogi, a Pasta vem promovendo uma série de ações para alertar os moradores sobre a importância da aplicação da segunda dose do imunizante. "As unidades de saúde fazem contato telefônico com os pacientes com base na data de aplicação da primeira dose para lembrar o prazo da segunda", explicou.

Ainda segundo a Prefeitura, a quantidade de ausentes tem oscilado em decorrência do sistema e dos lançamentos. Os profissionais do Sistema Integrado de Saúde (SIS) já telefonaram para todos os que possuem cadastros atualizados.

Ainda de acordo com o Executivo mogiano, o Estado tem enviado novos lotes periodicamente, sem qualquer problema no atendimento aos públicos-alvos, tanto das primeiras quanto das segundas doses.

Sobre as demais cidades da região, somente na cidade de Itaquaquecetuba a Prefeitura estima que 2,3 mil pessoas não voltaram para tomar a segunda dose da vacina contra a doença viral. Por este motivo, a Secretaria Municipal de Saúde está entrando em contato com estes moradores por telefone para que haja a possibilidade de recrutar esse público.

Já no município de Suzano, cerca de 1,5 mil pessoas deixaram de tomar a segunda dose da vacina, segundo as informações da Prefeitura. As últimas doses do governo do Estado de São Paulo foram enviadas à cidade na última terça-feira. Por fim, de acordo com a Secretaria de Saúde de Ferraz, há atualmente cerca de 787 faltosos com a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

Embora questionada, a Prefeitura de Poá não informou a quantidade de faltosos para a aplicação da segunda dose. Ainda hoje, o governo de Estado de São Paulo promoverá um Dia D de vacinação para as pessoas que ainda necessitam da segunda dose para a imunização completa contra a doença respiratória.

As Prefeituras do Alto Tietê, no entanto, não receberam informações oficiais com o cronograma.