Mogi busca articulação com Grande SP por vacinas

 Na sexta-feira passada, o prefeito de Mogi das Cruzes, Caio Cunha (Pode) participou de uma reunião de trabalho com prefeitos de cidades da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) na capital paulista. O encontro tratou de ações conjuntas para o enfrentamento da pandemia da Covid-19.

A reunião contou com a presença dos prefeitos Ricardo Nunes (MDB-São Paulo), Gustavo Henric Costa, o Guti (PSD-Guarulhos), José de Filippi Junior (PT-Diadema), Orlando Morando (PSDB-São Bernardo do Campo) e Francisco Nakano (PL-Itapecerica da Serra).

O encontro de trabalho permitiu que os prefeitos pudessem trocar experiências sobre as medidas adotadas em cada uma das cidades das diferentes regiões para atender aos desafios da pandemia. Os prefeitos também começaram um plano unificado de vacinação contra a Covid na RMSP, com o intuito de acelerar a imunização.

O prefeito de Mogi apresentou algumas das ações tomadas desde o início do ano para a pandemia, como os programas de Auxílio Emergencial, destinado a famílias em situação de vulnerabilidade, e o Auxílio Empreendedor, voltado para microempresas de setores não-essenciais, ambos com um período de três meses.

Para Cunha, o trabalho conjunto entre as cidades da Grande São Paulo pode trazer frutos não apenas no contexto da pandemia. "A Região Metropolitana é composta por 39 cidades conectadas. Diante deste fato, acreditamos que o trabalho conjunto promove soluções consistentes e eficazes para nossas cidades", concluiu.

Esta é a mais recente interação entre o prefeito de Mogi e lideranças políticas de outros municípios. No dia 1º do mês, Cunha participou de uma ação com lideranças políticas do Estado em evento realizado no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual.

Desde a primeira quinzena de maio, o prefeito assumiu protagonismo na articulação entre políticos da região para suspender o processo de licitação iniciado pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), que busca a instalação de uma praça de pedágio na rodovia Mogi-Dutra (SP-88) próximo ao distrito industrial do Taboão.

A ação vem contando com o apoio da unanimidade da Câmara de Vereadores, de prefeitos e do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), da Frente Legislativa Intermunicipal e dos representantes na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e na Câmara Federal.

Deixe uma resposta

Comentários