Prefeitura retoma aulas presenciais em creches

A Prefeitura de Mogi das Cruzes deu início nesta semana à retomada das aulas presenciais na rede municipal de ensino, com o retorno das Escolas Municipais de Educação Infantil (Emeis). A Secretaria de Educação também confirmou para a próxima segunda-feira a retomada nas Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs).

O retorno gradativo segue a Fase 1 do plano municipal estabelecido pela Brigada da Educação de Mogi, composta por integrantes da Secretaria de Educação e de outras Pastas municipais. A volta das aulas nas Emeis chegou a ser cogitada para o dia 31 de maio, mas a Brigada decidiu três dias antes pelo adiamento na rede municipal e, desde segunda-feira passada, as aulas foram retomadas nas creches subvencionadas pela municipalidade.

No total, são 30 unidades escolares entre creches e escolas municipais em todos os distritos da cidade, onde a municipalidade informa que os locais seguem os protocolos sanitários definidos pela Brigada da Educação. A lista está disponível na página da Secretaria Municipal de Educação, na página da Prefeitura de Mogi das Cruzes na internet (http://www.pmmc.com.br).

A administração municipal também confirmou que as 48 unidades escolares de Ensino Fundamental e a Escola de Empreendedorismo e Inovação retornarão às atividades presenciais na próxima segunda-feira.

Segundo a Secretaria de Educação, a decisão levou em consideração a resolução dos aspectos administrativos apontados pelo Conselho Municipal de Educação, e que foram estabelecidos protocolos que deverão ser seguidos à risca por todas as instituições de ensino, com capacidade de 35% de alunos matriculados por turma. Entre as medidas de segurança adotadas pela Pasta, está a disponibilização de materiais de proteção e higiene para os profissionais, como faceshields, máscaras e álcool em gel; a distribuição de kits de proteção individual aos alunos e a criação da Brigada da Pandemia dentro das escolas, informou em nota à reportagem.

Como medida para garantir a integridade física dos profissionais, a Prefeitura de Mogi informou que antecipou a imunização de todos os profissionais da Educação entre 18 e 46 anos, inicialmente das redes municipal e subvencionada.

No caso de famílias de alunos que podem manter a modalidade de Ensino a Distância (EAD), ou que ainda não sentem segurança, a Secretaria de Educação informou que manterá o formato híbrido de aulas, com atividades em sala de aula e pela internet.

Críticas

A retomada das aulas na rede municipal de ensino recebeu críticas na tarde de ontem por parte da vereadora mogiana Inês Paz (Psol) durante o espaço do Pequeno Expediente da sessão da Câmara.

Em sua fala, ela ressaltou que não entende a posição da Secretaria Municipal de Educação em voltar com as aulas presenciais com o município ainda na Fase 1 (vermelha) do Plano São Paulo, sendo que as aulas voltariam apenas na Fase 2 (laranja). "Falam em retorno às aulas presenciais sendo que ainda nem saímos da atual onda de contaminações, e já existem previsões de uma nova onda que irá se sobrepor à atual", lamentou Inês. (A.D.)

Deixe uma resposta

Comentários