Mogi possui três moradores vacinados para cada doente

Diferença de vacinados e contaminados ajuda a compreender avanço da doença
Diferença de vacinados e contaminados ajuda a compreender avanço da doença - FOTO: Arquivo/Mogi News

Um levantamento feito pelo grupo MogiNews com base nos bancos de dados da plataforma "Vacina Já", do governo do Estado, e do acompanhamento da pandemia realizado pelo Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) mostrou que a cidade de Mogi das Cruzes superou a média regional de moradores imunizados frente às pessoas que contraíram a doença desde o início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

A pandemia teve início no Alto Tietê no mês de março de 2020, e a vacinação ao público começou em fevereiro deste ano, após a imunização dos profissionais de saúde que atuam na linha de frente da pandemia. O número é o resultado da divisão entre o número de vacinados com a primeira dose dos imunizantes fornecidos pelo Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde e o número de pacientes que tiveram casos positivos no município. A proporção entre vacinados e pacientes pode auxiliar na percepção do avanço da campanha de vacinação, juntamente com os números da população total e dos grupos prioritários vacinados.

A cidade com o maior número de pessoas com a primeira dose da vacina é Mogi das Cruzes, que ontem chegou à marca de 105.055 imunizados, com registro oficial de 30.824 contaminados - chegando a um quociente de 3,40 vacinados para cada infectado.

A cidade com o melhor fator entre imunizados e contaminados é a cidade de Itaquaquecetuba. Embora o município tenha sido apresentado nos números do Vacina Já como uma das últimas do Estado em cobertura total da população, a cidade possui 58.838 imunizados com 14.751 pacientes desde o ano passado, chegando a uma proporção de 3,98 imunizados para cada morador já contaminado.

A cidade de Suzano, entre as cinco cidades mais populosas do Alto Tietê, possui o segundo maior número de vacinados, mas a menor proporção entre imunizados e contaminados. A Cidade das Flores, até o fechamento desta matéria, registrou 61.727 vacinados e 19.389 pessoas que testaram positivo para Covid-19 (proporção de 3,18).

A cidade de Ferraz de Vasconcelos, que conta com um hospital estadual como principal porta de entrada para atendimento a pacientes com Covid-19, registrou desde o início da pandemia 10.431 pessoas com o vírus, e vacinou 35.049 pessoas - a proporção é semelhante à média apresentada na região.

Já a cidade de Poá é a quinta maior em imunização, com 27.238 doses aplicadas, e 7.420 pacientes confirmados da doença. Sua proporção é de 3,67.