Cadela Mayla é destaque na Guarda Civil de Suzano

Animal faz parte dos cães farejadores da corporação
Animal faz parte dos cães farejadores da corporação - FOTO: Irineu Junior/Secop Suzano

Rápida, eficiente e forte. Essas são as definições que o Canil da Guarda Civil Municipal (GCM) atribui à cadela Mayla. Aos 6 anos, a pastora-belga de Malinois é destaque nacional como uma referência no combate à criminalidade e segue retribuindo o amor dos suzanenses com dedicação e trabalho duro.

Mayla faz parte da equipe de cães farejadores da corporação. Estes animais são treinados e cuidados pelos guardas para o auxílio em policiamentos preventivos e na localização de entorpecentes. Só neste ano, a cadela suzanense já colaborou com ao menos oito operações contra o narcotráfico. Graças ao seu faro apurado, mais de 3,5 mil invólucros de drogas foram retirados das ruas de Suzano de janeiro a maio deste ano.

Além disso, os feitos da cadela farejadora vão além das divisas da cidade. Em dezembro de 2020, o Canil Municipal participou da primeira edição do Torneio de Cães de Polícia, em Nova Odessa, cidade do interior de São Paulo. Na competição, 30 canis de instituições de segurança pública de todo o Brasil disputaram diversas provas e pistas de obstáculos que simulavam o combate ao crime. Conduzida pelo GCM Ernandez José de Souza da Costa, Mayla foi campeã nacional na categoria faro.

Entre todos os outros cachorros, foi a suzanense quem gastou menos tempo para identificar drogas escondidas no circuito em um ambiente de campo aberto. Ao dar a medalha para o animal, os avaliadores também ressaltaram sua disciplina e comportamento exemplar.

Por causa do título, a pastora-belga foi inclusive convidada para prestar apoio a policiais de outras cidades.