Prefeitura retira 510 toneladas de resíduos no Portão do Honda

Descartes em locais irregulares são passiveis de multa no valor de R$ 739,80
Descartes em locais irregulares são passiveis de multa no valor de R$ 739,80 - FOTO: Wanderley Costa/Secop Suzano

A Prefeitura de Suzano, por meio da Secretaria Municipal de Manutenção e Serviços Urbanos, realizou neste mês a retirada de 510 toneladas de resíduos descartados de forma irregular nas estradas Portão do Honda e do Suzano. Os locais são alvos constantes de crimes ambientais.

Os focos de lixo em questão foram identificados no começo do mês e prontamente recolhidos. Devido à grande quantidade de objetos abandonados e restos de construção civil (entulho), os agentes precisaram de dois dias de trabalho para coletar todos os materiais despejados de forma ilícita. Descartar resíduos em locais impróprios é crime ambiental e passível de multa de R$ 739,80, de acordo com o Código de Posturas de Suzano.

Quem presenciar descarte irregular na cidade pode denunciar de maneira segura e anônima por meio da Ouvidoria Geral do Município, no telefone 0800-774-2007. Em casos de flagrante de crime ambiental é possível fazer denúncia diretamente para a GCM, pelos telefones 4745-2150 ou 153, e para a Secretaria de Meio Ambiente, em 4745-2055.

De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente, André Chiang, os materiais são extremamente prejudiciais ao meio ambiente e podem impactar a circulação de veículos, além de contribuir para a proliferação de insetos nocivos à saúde pública, como escorpiões ou até mesmo o mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como Dengue, Zika e Chikungunya.

O chefe da Pasta, Samuel Oliveira, relatou que alguns trechos das estradas são pontos recorrentes de descarte, onde muitos veículos vão justamente para despejar os resíduos por conta da baixa movimentação de pessoas e automóveis nas redondezas.

"Nós limpamos um dia e no outro já estão sujando de novo. Isso acontece com muita frequência nestes e em outros pontos específicos de Suzano. As equipes da administração municipal mantêm um trabalho contínuo de limpeza e isso contribui para a diminuição na quantidade de itens despejados, mas alguns indivíduos insistem no ato ilegal e danoso", afirmou Oliveira.

O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL), condenou a prática e pediu a colaboração de todos para combater o descarte irregular, seja dando o destino correto ao que não tem mais utilidade ou denunciando os crimes ambientais, que têm impacto profundo no meio ambiente.

"Nossos agentes realizam um trabalho constante de limpeza nas ruas e coleta de inservíveis por todos os bairros, além disso temos os ecopontos que recebem vários tipos de resíduos. Peço a colaboração de todos para que possamos garantir a preservação ambiental de nossa cidade e dar o destino correto aos materiais que não têm mais utilidade", reforçou Ashiuchi.

Neste mês, a campanha digital "Liga do Entulho Zero" foi lançada para conscientização sobre o descarte correto. Em paralelo, o Meio ambiente suzanense tem reforçado os endereços dos ecopontos da cidade, que recebem esse tipo de material. "Estamos espalhando faixas pela cidade falando sobre a ilegalidade do ato e que o criminoso está sujeito à multa. Pedimos o apoio de todos para evitarmos tal situação", finalizou Chiang.