'Virada' espera aplicar cerca de 12 mil doses em Suzano

Atendimento será feito de forma exclusiva na Arena Suzano, dentro do Max Feffer
Atendimento será feito de forma exclusiva na Arena Suzano, dentro do Max Feffer - FOTO: Wanderley Costa/Secop Suzano

A Secretaria Municipal de Saúde planeja para amanhã garantir a imunização contra a coronavírus (Covid-19) para sete grupos prioritários em Suzano. A chamada "Virada da Vacina", que terá 35 horas de atuação na Arena Suzano, deve atender aos moradores com comorbidades, as pessoas com deficiência permanente grave, as grávidas e puérperas maiores de idade, os idosos e as pessoas com 50 anos ou mais, além dos profissionais da Educação e do Transporte, sendo restrito a taxistas, motoristas e cobradores. Expectativa é que 12 mil doses sejam aplicadas.

O atendimento se inicia na quinta-feira, a partir das 8 horas, exceto para as pessoas com 50 anos ou mais, que devem procurar o polo somente a partir das 19 horas. O acolhimento será ininterrupto até as 19 horas da sexta-feira. Já o sistema drive-thru, com acesso pela avenida Brasil, estará operante nos dois dias no horário das 8 às 19 horas.

De acordo com o secretário de Saúde, Pedro Ishi, a inclusão de todos esses grupos, já beneficiados anteriormente, visa garantir a oportunidade de imunização para todos aqueles que, por algum motivo, deixaram de se vacinar.

"Queremos que absolutamente todas as pessoas dos perfis já contemplados possam participar. Além disso, teremos o atendimento de dois grupos inéditos, que são os munícipes maiores de 50 anos sem comorbidades e os profissionais do transporte, como taxistas, motoristas e cobradores dos transportes coletivo e complementar de Suzano. A estimativa é de 12 mil aplicações", informou.

É importante lembrar que os indivíduos dessa última categoria devem ter em mãos o comprovante da atividade exercida. Este documento carimbado e assinado será emitido exclusivamente pela Secretaria Municipal de Transportes e Mobilidade Urbana, podendo ser solicitado na sede da Pasta, que fica na rua Dr. José Correia Gonçalves, 152, no bairro Vila Correia, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. A aquisição do comprovante se dá por meio da apresentação de documento original com foto, CPF e carteira de trabalho, bem como documento comprobatório de vínculo empregatício à empresa, como holerite recente.

Outro grupo que requer especial documento comprobatório é o de profissionais da Educação. Neste caso, será exigido o "QR Code" emitido pela plataforma "Vacina Já Educação" (vacinaja.sp.gov.br/educacao). Os comórbidos e deficientes também precisam comprovar esta condição por meio de laudo médico e receita médica com resultados de exames recentes (original e cópia). Já as grávidas e puérperas devem apresentar a chamada "Carteira da gestante".

Para os demais públicos, que são as pessoas maiores de 50 anos e idosos (60 anos) que ainda não tomaram a primeira dose, o único requisito é a documentação de praxe comum a todos os demais, sendo documento original com foto, CPF, comprovante de endereço no nome do beneficiado e uma filipeta oficial devidamente preenchida com letra legível. A ficha pode ser acessada e impressa no link bit.ly/FichaCovidSuzano. O pré-cadastro no site "Vacina Já" (www.vacinaja.sp.gov.br/), do governo do Estado, também é necessário.

Segunda dose

A "Virada da Vacina" também vai oferecer aplicação para as pessoas que já receberam a primeira dose e que precisam completar o ciclo com o aprazamento da segunda aplicação previsto para até 17 ou 18 junho.