Megaoperação deve imunizar mais de 20 mil mogianos

Mogi das Cruzes iniciou ontem uma megaoperação para imunizar cerca de 20 mil pessoas nos próximos três dias contra a Covid-19. Da próxima sexta-feira a sábado, serão 36 horas seguidas de vacinação, com atendimentos durante toda noite e madrugada.

Ontem e hoje, o atendimento vai até meia-noite no drive do Pró-Hiper, no Mogilar, enquanto as unidades básicas de Saúde se revezam com horários estendidos até 19 horas.

Todos os atendimentos exigem agendamento online no http://www.cliquevacina.com.br. Não há atendimento presencial sem agendamento prévio.

"Um esquema especial já está em andamento desde o início da semana com unidades estratégicas funcionando em horário estendido, mas ontem até o próximo sábado organizamos uma força-tarefa para imunizarmos o maior número possível de pessoas, com segurança, sem filas ou aglomerações", explicou a secretária municipal de Saúde, Andréia Godoi.

Desde ontem está liberado agendamento online para pessoas de 50 a 59 anos sem comorbidades, seguindo o cronograma anunciado pelo governo do Estado. Por conta do volume de interessados e para evitar sobrecarga no sistema, a liberação dos agendamentos foi escalonada ao longo do dia por idade.

"Queremos tranquilizar a população porque não faltará vacina. Quem ainda não conseguiu acesso deve continuar tentando. Vamos aumentar a capacidade de acesso nos próximos dias e o agendamento vai continuar - inclusive na semana que vem. Desde o início da campanha, o governo do Estado tem enviado novos lotes semanais de acordo com os públicos-alvo assistidos, sem qualquer problema ou atraso", ressaltou a secretária.

Mogi das Cruzes já aplicou, desde 20 de janeiro, 163.762 doses de vacina contra a Covid-19, sendo 115.237 primeiras doses e 48.525 segundas doses. Somente ontem foram 3.100 doses aplicadas.

Novo lote

Os municípios do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) receberam anteontem o 30º lote de vacinas contra a Covid-19 para ampliar os grupos a serem imunizados.

São 63.280 doses, sendo que 58.050 são AstraZeneca, que serão utilizadas como primeira dose para pessoas de 50 a 59 anos, e 5.230 imunizantes CoronaVac que servirão como segunda dose para idosos acima de 70 anos.

Como o novo lote, a região chega a 1.320,048 vacinas recebidas, sendo que 78% são de primeira dose e 22% de segunda dose.

Cada município irá adotar sua estratégia e divulgar os locais e datas para imunização.