Ocupação de leitos de UTI no Pezzuti tem leve queda

Os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para o tratamento de coronavírus (Covid-19) no Hospital Doutor Arnaldo Pezzuti, em Mogi das Cruzes, encerraram a noite anterior com um pequeno avanço. As 30 camas que no início da semana estavam completamente ocupadas, ontem tiveram uma queda de 10% na ocupação.

Outros 30 leitos de Enfermaria da unidade estavam ontem à noite com uma ocupação total de 82%. A Secretaria de Estado da Saúde também afirmou ontem que, no Hospital Luzia de Pinho Melo, eram 46 leitos de Enfermaria, com 87% de ocupação até a noite, e 33 de UTI, com 60%.

Em todos os hospitais de Mogi que tratam pacientes com o novo vírus, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde,a ocupação chegada a 72% nos leitos de UTI e 60,4% nas Enfermarias, para pacientes em estado estável de saúde.

As informações divulgadas pela Prefeitura apontaram ainda que nos hospitais Luzia de Pinho Melo, Ipiranga, Santana, Mogi Mater, Biocor, na Santa Casa de Misericórdia e no Hospital Municipal há 164 leitos de UTI e 118 pacientes internados neles.

Já em relação aos leitos de Enfermaria, nestas mesmas unidades médicas existiam 145 pacientes em observação para um total de 240 camas.

Também de acordo com a Pasta estadual, o Hospital Santa Marcelina de Itaquaquecetuba, em Itaquaquecetuba, operava ontem com 20 leitos de UTI com 80% de ocupação e 20 de Enfermaria com 95%. Quarenta por cento dos leitos gerais de Enfermaria da cidade estavam preenchidos, além dos 11% de Emergência.

Por outro lado, em Suzano, as taxas de ocupação de leitos de UTI e de Enfermaria para tratamento contra o novo coronavíru, ontem, eram de 20% (quatro de 20 vagas) e 17,54% (dez de 57 vagas), respectivamente. O Hospital Auxiliar da cidade, que possui 20 leitos de Enfermaria, encerrou a noite passada com 66% de ocupação.

Em Poá, uma das cinco cidades mais populosas da região, a taxa de ocupação dos leitos de Emergência no Hospital Municipal Doutor Guido Guida era de 50% até a manhã de ontem. A unidade tem dois destes leitos.

Dos 22 leitos de Enfermaria, havia uma taxa de ocupação de 9% ontem, segundo a Prefeitura. Além disso, um pacientes estavam cadastrados na fila de espera da Central Regulação e Ofertas de Serviços de Saúde (CROSS) para transferências de internações a outras unidades não especificadas ontem.