Licenciamento de veículos cresce 34% de 2020 para 2021

Crescimento dos veículos em circulação  foi verificado nos cinco municípios mais populosos do Alto Tietê
Crescimento dos veículos em circulação foi verificado nos cinco municípios mais populosos do Alto Tietê - FOTO: Mogi News/Arquivo

Um levantamento do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) apontou o crescimento proporcional de 34% no licenciamento de veículos nas cinco cidades mais populosas do Alto Tietê no comparativo entre os cinco primeiros meses de 2020 e os deste ano. De janeiro ao mês de maio deste ano, 157.247 automóveis foram licenciados, enquanto no mesmo período do ano passado ocorreram 116.681 licenciamentos.

Os números correspondem às cidades de Mogi das Cruzes, Itaquaquecetuba, Suzano, Ferraz de Vasconcelos e Poá, que compõem o G5 da região. Desde 8 de maio de 2020, quando a pandemia de Covid-19 já vitimava moradores do Alto Tietê, a emissão anual do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV-e) passou a ser realizada digitalmente.

"Após o pagamento da taxa de licenciamento no sistema bancário, fica disponível o download e a impressão do CRLV-e diretamente no portal do Detran, no aplicativo CDT - Carteira Digital de Trânsito do governo federal e ainda no portal de serviços do Denatran", explicou o órgão estadual.

Somente em Mogi, o crescimento de veículos licenciados foi de 35%, já que o Estado somou nos cinco primeiros meses de 2020 50.175 e, no mesmo período deste ano, 67.852 veículos.

Por outro lado, o aumento de automóveis licenciados foi ainda maior nos municípios de Suzano e Poá, chegando a 36% a mais. Nos primeiros cinco meses de 2020, o Detran somou 24.117 carros, motos, caminhões e outros tipos licenciados, sendo que no mesmo período deste ano o número já chegou a 32.904 licenciamentos.

Em Poá, enquanto a cidade somou 9.528 veículos licenciados entre os meses de janeiro a maio do ano passado, neste ano houve um total de 12.973 licenciamentos até o mês anterior. Na cidade de Ferraz, os números aumentaram de 11.474 para 14.814 nos mesmos períodos, resultando em um crescimento de 28% nos licenciamentos.

O pagamento da taxa de licenciamento e eventuais débitos pendentes deverá ser realizado preferencialmente em dias úteis, até às 22 horas. Caso as pessoas optem por efetuar o pagamento após esse horário, ainda que em dia útil, ou aos sábados, domingos e feriados, o acesso ao Licenciamento Digital ficará sujeito à atualização do pagamento no sistema.

Deixe uma resposta

Comentários