Secretaria de Saúde cria pré-cadastro para puérperas

A Secretaria Municipal de Saúde liberou ontem um novo pré-cadastro para agilizar a vacinação do grupo de puérperas (mulheres no período pós-parto e lactantes) ampliando a cobertura vacinal deste grupo em Mogi das Cruzes. Estudos apontam que, após imunizadas contra a Covid-19, mulheres que amamentam produzem leite com anticorpos contra o novo coronavírus.

O pré-cadastro pode ser preenchido no http://www.cliquevacina.com.br por todas as mulheres que amamentam bebês com idade até 11 meses e 29 dias. Por ser um público relativamente pequeno, depois de efetuado o pré-cadastro, a própria Secretaria Municipal de Saúde entrará em contato com cada mulher cadastrada para garantir a organização e atendimento.

As lactantes podem acessar o site oficial e clicar na aba Pré-Cadastro e, em casos de dúvidas, também é possível entrar em contato pelo número 160.

Vacinaço

A megaoperação para vacinação contra a Covid-19 chega em seu ponto alto. Das 8 horas de ontem até às 21 horas de hoje, estão sendo disponibilizados um total de 11,8 mil doses nas unidades de saúde de todo município e nos drives.

No Pró-Hiper, a imunização começou às 9 horas de ontem, e até 16h30, 1.102 pessoas já haviam sido imunizadas. A infraestrutura do espaço foi planejada para agilizar o atendimento da melhor forma possível, com 11 baias de acesso para aplicação das doses diretamente no veículo, além de um ponto interno para quem não tem meio de transporte próprio. No total, mais de 130 pessoas estão trabalhando no local.

O atendimento é exclusivo para quem realizou agendamento prévio no site http://www.cliquevacina.com.br e, com 36 horas ininterruptas, o cidadão precisa redobrar a atenção com relação ao horário. "Se o seu agendamento aparece para às 2h30, por exemplo, significa que seu horário é na madrugada. No período da tarde estaria registrado 14h30", alertou a enfermeira da Secretaria Municipal de Saúde, Gisele Menichelli.

Novas vagas para agendamento online serão liberadas hoje, às 8 horas, para pessoas com 50 anos ou mais e também para outros grupos já assistidos: profissionais da Educação; motoristas e cobradores com 18 anos ou mais (com QR Code e Mogi das Cruzes indicado para vacinação); pessoas de 18 anos ou mais com comorbidades; pessoas com deficiência permanente grave e indígenas com 18 anos ou mais.

Deixe uma resposta

Comentários