CPTM promete concluir reforma no 2º semestre

Obra vai recuperar estrutura metálica da passagem
Obra vai recuperar estrutura metálica da passagem - FOTO: Emanuel Aquilera

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) informou no início da semana que as obras de recuperação da passarela sobre a estação Braz Cubas, na Linha 11-Coral, serão concluídas no segundo semestre deste ano.

A intervenção, iniciada em maio, visa recuperar a estrutura metálica na passarela, que liga a avenida Anchieta e a rua Santa Virgínia, na Vila Nova Estação.

Segundo a companhia, o trabalho está sendo feito por uma empresa terceirizada com o acompanhamento da CPTM. "Para garantir a segurança dos pedestres, a passarela está totalmente interditada e a alternativa é uma passagem de nível localizada a 200 metros da estação, com a presença constante de vigilantes", informou em nota.

A estação Braz Cubas foi a única que ficou fora do pacote de concessões à iniciativa privada elaborado pelo governo do Estado no início do ano. Em março, o edital de licitação previa investimentos de aproximadamente R$ 140 milhões para a modernização e melhoria das estações. No entanto, nenhuma proposta foi apresentada.

Questionada anteriormente pela reportagem, a CPTM informou que ainda não há previsão de datas para uma nova licitação de concessão das estações ferroviárias em Mogi das Cruzes ou na Linha 11-Coral.

Por outro lado, o deputado federal Marco Bertaiolli (PSD-SP) e o vereador Carlos Alberto Santiago (PSD-Itaquaquecetuba) elaboraram um abaixo-assinado para a reforma das estações Aracaré e Engenheiro Manoel Feio, da Linha 12-Safira da CPTM.

O documento seria apresentado ao secretário de Estado de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, no entanto a agenda não foi confirmada devido à pandemia da Covid-19. (A.D.)

Deixe uma resposta

Comentários