Sabesp promete para 2022 fim das obras de coleta de esgoto

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) informou no início desta semana que pretende concluir até o segundo quadrimestre do ano que vem os trabalhos de instalação do sistema de coleta de esgoto na região entre as cidades de Poá e Suzano.

A obra faz parte do pacote anunciado pela companhia em 2012, que incluiu a ampliação da capacidade da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Suzano, localizada na rua Major Pinheiro Fróes, e a instalação de um tronco coletor que captaria efluentes residenciais do distrito do Boa Vista e das cidades de Poá e Itaquaquecetuba, com investimento de mais de
R$ 100 milhões na época.

O prazo original de entrega da obra era para 2015, no entanto problemas com a execução do trabalho e com a empresa escolhida para a realização dos serviços fizeram com que o cronograma fosse comprometido. Segundo a Sabesp, foi escolhido um método não-destrutivo para a instalação das tubulações, com o uso de poços em trechos da rua Major Pinheiro Fróes e no limite com Poá.

Em nota, a Sabesp informou que dois dos seis poços já foram concluídos, e que os demais serão fechados gradativamente até meados de 2022, quando a obra deverá ser concluída. A empresa também se comprometeu em realizar as obras de reparação do asfalto na via.

Sobre o andamento da obra, a Sabesp aponta que as intervenções do Pacote Tietê de melhorias já apontam mudanças no rio, onde o trecho afetado pela poluição na Grande São Paulo teria sido reduzido de 500 quilômetros para 150 nos últimos anos, segundo dados da organização não-governamental (ONG) SOS Mata Atlântica.

Procurada pela reportagem, a Prefeitura de Suzano informou que está acompanhando o andamento da obra e conta com os benefícios da conclusão de sua conclusão, que poderá contemplar 361 mil pessoas nas cidades de Suzano, Poá, Itaquaquecetuba e do extremo-leste de São Paulo. "Inclusive, devido aos avanços nas questões de saneamento básico neste ano, Suzano é destaque no ranking nacional do saneamento, elaborado pelo Instituto Trata Brasil, em parceria com a consultoria GO Associados, indicando o 10º melhor saneamento básico do país, dentre as 100 maiores cidades", conclui a administração.

Deixe uma resposta

Comentários