Poá vai ganhar uma unidade do Poupatempo, afirma Estado

Por enquanto, apenas Mogi das Cruzes, Suzano e Itaquaquecetuba têm unidades funcionando
Por enquanto, apenas Mogi das Cruzes, Suzano e Itaquaquecetuba têm unidades funcionando - FOTO: Mogi News/Arquivo

O governador João Doria (PSDB) autorizou ontem a instalação de uma agência do Poupatempo em Poá, o anuncio ocorreu no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. Essa é a terceira cidade do Alto Tietê incluída no plano de expansão do programa por intermediação dos deputados André do Prado (Estadual-PL) e Marcio Alvino (Federal-PL), as outras cidades são Ferraz de Vasconcelos, Santa Isabel e Arujá. Os municípios de Itaquaquecetuba, Suzano e Mogi das Cruzes já possuem esse tipo de serviço. A prefeita Marcia Bin (PSDB), o vice-prefeito Geraldo Oliveira e os vereadores Welson Lopes (PL) e Fábio Suru (Pros) participaram do evento.

Na avaliação do deputado André do Prado, Poá tem todas as condições de ter uma agência do Poupatempo. "Essa conquista é fruto de um trabalho conjunto que eu e o deputado federal Marcio Alvino fizemos. Estivemos com o vice-governador Rodrigo Garcia (PSDb) e solicitamos pessoalmente a inclusão de Poá na lista de cidades contempladas com uma agência", argumentou Prado.

Segundo o deputado federal Marcio Alvino, o anúncio desse investimento permitirá que os poaenses possam contar com um serviços públicos de forma ágil em sua própria cidade. "Poá é uma cidade importante e um Poupatempo vai permitir mais comodidade aos moradores que não precisarão mais se deslocar para Suzano ou a Mogi das Cruzes para solicitar a emissão de documentos. Essa conquista mostra que estamos trabalhando pelo progresso de Poá", acrescentou Alvino.

A nova unidade deve contar com dezenas de serviços de diferentes órgãos, incorporando os atendimentos do Departamento Estadual de Trânsito (Dentran), como primeira habilitação, renovação da CNH, e transferência e licenciamento de veículos, entre outros.

Esse novo modelo é chamado de Poupatempo 4.0, integrando o serviço de excelência do Estado, com foco no atendimento online. O objetivo é melhorar a qualidade e agilizar os serviços disponibilizados à população.

Além de Poá, outras cidades do Estado vão receber as unidades, segundo o anúncio de ontem: Batatais, Cajamar, Capivari, Ibiúna, Itupeva, Mairiporã, Mirassol, Novo Horizonte, Orlândia, Paraguaçu Paulista, Pederneiras, Pitangueiras, Presidente Venceslau, Promissão, São Joaquim da Barra, Ubatuba, Vargem Grande do Sul, Várzea Paulista e Vinhedo

"Mais do que dobramos a expectativa de novos Poupatempos e vamos fazer mais. Esses novos postos do Poupatempo começam a operar oferecendo mais de 130 serviços à população. Isso é a ampliação de um serviço que é marca registrada no Estado de São Paulo", disse Doria.

Juntas, as 20 unidades irão beneficiar mais de 1,3 milhão de habitantes e realizar 3,3 mil atendimentos diariamente, com o padrão de qualidade e eficiência do programa, reconhecido como o "Melhor Serviço Público de São Paulo". O investimento do Estado nos projetos será de R$ 3 milhões.

"Estamos celebrando com o Poupatempo a boa política em parceria com as prefeituras. Cada um destes postos vai ser instalado graças ao apoio das prefeituras, que vão poder incluir os serviços municipais nesses Poupatempos de última geração", afirmou Rodrigo Garcia, que também é Secretário de Governo.