Instalação de empresa do setor agrícola vai gerar 100 empregos

Cunha, Guimarães, Komura e Bastianelli durante encontro realizado na Prefeitura
Cunha, Guimarães, Komura e Bastianelli durante encontro realizado na Prefeitura - FOTO: Divulgação/PMMC

Mogi das Cruzes receberá uma unidade da Ball Horticultural, empresa multinacional que produz sementes e flores e está se instalando no bairro do Itapeti. A expectativa é que até 100 empregos diretos sejam criados. Na manhã de ontem, o prefeito Caio Cunha (Pode) se reuniu com o gerente administrativo da empresa no Brasil, Cláudio Guimarães.

A unidade mogiana será a terceira da empresa no Brasil. A Ball Horticultural já adquiriu uma área no bairro do Itapeti e está desenvolvendo os trâmites burocráticos para o início da operação.

"Mogi das Cruzes tem tradição no setor agrícola e é um destaque nacional na produção de flores. A cidade fica muito feliz em receber a empresa Ball e a chegada de uma empresa deste porte, mesmo com as dificuldades que o país vem enfrentando, mostra o trabalho eficiente que está sendo feito no município, que gera credibilidade para quem quer investir e gerar empregos", afirmou Caio Cunha.

A reunião também teve a participação do secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Gabriel Bastianelli, e do vereador Pedro Komura (PSDB).

A Ball Horticultural é uma multinacional que está presente em 19 países, em seis continentes. No Brasil, ela têm unidades em Holambra e em Santa Isabel. A empresa é líder em desenvolvimento e distribuição de flores e plantas ornamentais e está entre as empresas do setor que mais investem em pesquisa, desenvolvimento e melhoramento genético, o que a coloca como uma das mais inovadoras no segmento de flores e plantas.

Empregos

Os novos empregos que serão criados com a chegada da Ball Horticultural fazem parte de uma série de ações realizadas para atrair novos investimentos e postos de trabalho para o município. As ações estão dando bons resultados e Mogi das Cruzes fechou o primeiro quadrimestre de 2021 como destaque na região.

De acordo com os números do Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados (Caged), do governo federal, o município registrou saldo de 2.215 empregos criados nos primeiros quatro meses do ano. Neste período, foram 16.011 admissões e 13.796 demissões em Mogi das Cruzes.

Se comparados com o mesmo período do ano passado, os números são ainda mais positivos. No primeiro quadrimestre de 2020, o município fechou o levantamento com um saldo negativo de 3.279 empregos, resultado muito influenciado pelos meses de março e abril, quando começou a pandemia.

Deixe uma resposta

Comentários