Doses complementares chegam no Alto Tietê

A região do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) recebe, hoje, 94.352 doses de imunizantes para a continuidade da vacinação contra a Covid-19. Do total, 48.412 vacinas são para a continuidade da imunização de primeira dose nas pessoas de 40 a 42 anos e 45.940 são segunda dose para gestantes e idosos de 67 anos.

O lote conta com imunizantes CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer e totaliza 1.557.054 vacinas entregues à região.

Em Mogi das Cruzes, a Prefeitura abriu ontem um novo agendamento online da vacinação contra a Covid-19 para pessoas com 40 anos ou mais sem comorbidades. Também serão liberadas novas vagas para outros grupos já contemplados como portadores de comorbidades, deficiências permanentes graves, profissionais da educação e do transporte com QR Code validado pelo Estado e com indicação do município para vacinação.

No total, serão ofertadas 4 mil vagas e o agendamento deve ser feito no www.cliquevacina.com.br. Para facilitar os trâmites, o interessado pode antecipar o seu cadastro preenchendo o novo campo "Crie seu usuário" no site oficial. Outro cadastro importante deve ser feito no https://vacinaja.sp.gov.br, sistema estadual que contabiliza e registra todas as doses contra a Covid-19 aplicadas nos municípios paulistas.

O agendamento online é obrigatório para evitar filas e aglomerações presenciais. Para recebimento da dose e no dia da vacinação é necessário comparecer ao local portando documento com foto, CPF, comprovantes de endereço e de agendamento do Clique Vacina. A programação segue o cronograma de imunização por faixas etárias divulgado pelo governo do Estado e as vagas estão sendo disponibilizadas de acordo com os quantitativos de doses enviadas ao município.

Mortes

As cidades do Alto Tietê registraram ontem 14 mortes causadas por coronavírus (Covid-19), informou o Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat). Com essa atualização, a região chegou ontem à marca de 4.598 óbitos em decorrência da doença.

De acordo com a entidade, os falecimentos ocorreram em Ferraz de Vasconcelos, que informou quatro mortes; Itaquaquecetuba que revelou dois óbitos; Mogi das Cruzes, que confirmou seis vítimas fatais; e Suzano, com dois óbitos.

Os casos confirmados da doença somam 110.791, sendo que 89.807 pessoas estão recuperadas.