Motorista de ônibus é preso por atropelar motociclista

O motorista de ônibus da empresa Alto Tietê Transporte (ATT), Franco Dibes de Souza Pontes, de 42 anos, foi preso no sábado passado após causar o atropelamento de um motociclista no distrito de Jundiapeba, em Mogi das Cruzes.

O caso foi registrado pelas câmeras da Central Integrada de Emergências Públicas (Ciemp), da Secretaria de Segurança de Mogi das Cruzes, na avenida Lourenço de Souza Franco, próximo à base da Guarda Civil Municipal (GCM), por volta das 15h30 de sexta-feira passada. A vítima foi encaminhada a um hospital da região e, segundo o prefeito Caio Cunha (Pode) em uma rede social, seu estado de saúde é grave.

Em depoimento à polícia, o motorista envolvido na colisão afirmou que o motociclista havia sido fechado por um veículo na faixa da esquerda. No entanto, as imagens do Ciemp mostram que o carro 169 da ATT que fazia o percurso da linha 481 (Poá-Mogi das Cruzes) faz um movimento brusco da faixa da direita para a esquerda. Momentos depois, a motocicleta é arrastada para debaixo do transporte coletivo.

Após o depoimento e a apresentação das imagens à Polícia Civil, foi dada voz de prisão a Pontes, que foi colocado à disposição da Justiça.

No final da tarde de ontem, a ATT emitiu uma nota oficial informando o desligamento sumário do funcionário. A empresa também declarou que dará todo o suporte médico e social para a vítima e irá colaborar com as autoridades no que for necessário.

"Os motoristas e colaboradores passam periodicamente por diversos treinamentos de qualificação profissional e de zelo com a vida. A ação do ex-funcionário causou indignação e repulsa em todos os funcionários da ATT", concluiu a empresa em nota.