Mais da metade dos leitos UTI Covid está ocupada em Mogi

No Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti, os leitos de UTI estão com 70% de ocupação
No Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti, os leitos de UTI estão com 70% de ocupação - FOTO: Emanuel Aquilera

Os hospitais municipais, privados e de responsabilidade estadual de Mogi das Cruzes e que tratam de pacientes com o coronavírus (Covid-19) continuam se distanciando do limite de ocupação nos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Na noite anterior, a Secretaria Municipal de Saúde apontou uma ocupação de 54% dos leitos.

Em relação às camas de Enfermaria, havia uma lotação de 39%. Os números se referem às seguintes unidades médicas: Hospital Municipal, Hospital de Campanha, Santa Casa de Misericórdia, Hospital Luzia de Pinho Melo, Hospital Ipiranga, Hospital Santana, Biocor e Mogi Mater.

Na noite passada, as 33 vagas de UTI, somente do Hospital Luzia de Pinho Melo, estavam com 70% de ocupação. Os 46 leitos de Enfermaria, por outro lado, encerraram a noite anterior com uma ocupação de 61%. No Hospital Doutor Arnaldo Pezzuti, também em Mogi, estão em funcionamento 30 leitos de Enfermaria, com ocupação de 61 %, e 30 leitos de UTI, com 70%.

Já no Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos, o Doutor Osíris Florindo Coelho, os 26 leitos de UTI somavam 80% de ocupação e os 26 de Enfermaria, 61%. O Santa Marcelina de Itaquaquecetuba operava ontem com 20 leitos de UTI com 95 % de ocupação e 20 de enfermaria com 100 % de uso.

Já no Centro de Saúde 24 horas, Unidade de Pronto Atendimento, Central da Covid-19 e no Hospital de Campanha, também em Itaquá as ocupações eram de 28% e 0 % em Enfermaria e Emergência, respectivamente. No Hospital Auxiliar de Suzano, de responsabilidade estadual, que possui 20 leitos de Enfermaria, operava ontem com 57% de ocupação.

No entanto, no Pronto-Socorro Municipal (PS), Santa Casa de Misericórdia, Hospital Santa Maria e no Hospital Saint Nicholas as ocupações eram de 40% e 11% na UTI e Enfermaria, respectivamente. Por fim, a Prefeitura de Poá informou ontem que as ocupações no Hospital Municipal Doutor Guido Guida eram de 50% e 13% na Emergência e Enfermaria.

Até a noite anterior, 4.345 pessoas destas cinco cidades foram a óbito em decorrência da doença viral, conforme apontaram os números do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat).