Comércio amplia horário de funcionamento e ocupação

Os estabelecimentos comerciais do Alto Tietê começam a atuar hoje com o horário de funcionamento estendido e a capacidade de clientes ampliada. As novas determinações do governo de São Paulo foram estabelecidas em uma coletiva de imprensa com o governador João Doria (PSDB), na última quarta-feira.

Agora, os lojistas podem movimentar suas atividades das 6 às 23 horas, diariamente, enquanto até ontem as portas precisavam ser fechadas às 21 horas. Antes da nova atualização, a ocupação de consumidores nos estabelecimentos era de até 40%, sendo ampliada para 60%. Segundo o governador, as novas determinações devem durar até o próximo dia 31.

Na coletiva também foi anunciado o retorno das aulas presenciais nas universidades públicas e privadas, além das faculdades técnicas, a partir do dia 2 de agosto com capacidade de 60%.

"A partir do dia 9 (ontem), poderão funcionar até as 23 horas bares, padarias, shoppings, comércio. Com a queda dos indicadores da pandemia, podemos estender o horário de funcionamento dessas atividades. Aumento de ocupação permitida de 40% para 60%", disse Doria.

Desde o início de junho do ano passado, quando a pandemia já vitimava diversas vidas pela região e em todo o Estado de São Paulo, o governo tem realizado diferentes versões de quarentena baseadas no Plano São Paulo.

Para isso, são levados em consideração alguns indicadores, como a ocupação e quantidade de leitos de UTI para Covid-19, além dos números de casos, internações e óbitos por 100 mil habitantes. Todo o Estado continua na Fase de Transição, assim como os municípios do Alto Tietê. (T.M.)

NOVOS HORáRIOS E PRESENçA DE PúBLICO

Shoppings e lojas de rua podem ter atendimento presencial, das 6 às 23 horas, com público limitado a 60% da capacidade total;

Restaurantes e lanchonetes podem ter atendimento presencial, das 6 às 23 horas, com público limitado a 60% da capacidade total;

Salões de beleza e barbearias podem ter atendimento presencial, das 6 às 23 horas, com público limitado a 60% da capacidade total;

Cinemas, teatros, museus, eventos e convenções podem funcionar, das 6 às 23 horas, com controle de acesso, assentos marcados e público sentado limitado a 60% da capacidade total;

Academias, clubes e centros esportivos podem funcionar durante oito horas, dentro do período das 6 às 23 horas, apenas para atividades físicas individuais agendadas, com público limitado a 60% da capacidade total;

Cultos, missas e outras atividades religiosas coletivas podem ocorrer, com distanciamento e controle de acesso.

Deixe uma resposta

Comentários