Suzano libera vacina contra a gripe para todos os públicos

Para receber a dose é preciso mostrar documento e comprovante de residência
Para receber a dose é preciso mostrar documento e comprovante de residência - FOTO: Irineu Junior/Secop Suzano

A Secretaria Municipal de Saúde anunciou na nesta terça-feira a ampliação da campanha de imunização contra a gripe para a população geral a partir de amanhã. A dose será disponibilizada nos 24 postos de saúde de Suzano para todos, inclusive bebês com idade igual ou superior a seis meses de vida. A aplicação deve ocorrer de segunda a sexta-feira, das 8 horas às 15h30.

De acordo com a Pasta, a nova estratégia comunicada pelo Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo visa melhorar a cobertura vacinal da população da campanha em todo o território paulista.

Nas fases anteriores, foram contempladas crianças com idades entre seis meses e menores de 6 anos de vida, gestantes, puérperas, povos indígenas, trabalhadores da Saúde, professores e idosos maiores de 60 anos. Para os cidadãos que fazem parte destes grupos e não se imunizaram, ainda é possível receber atendimento e se beneficiar com a campanha gratuita.

Já a partir de amanhã, o atendimento será ampliado para toda a população. Para isso, basta o interessado buscar uma das 24 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e de Saúde da Família (USFs) da cidade e apresentar documento original com foto, comprovante de residência de Suzano e a carteira de vacinação. A ação tem prosseguimento enquanto houver estoques do imunizante.

O secretário municipal de Saúde, Pedro Ishi, destacou a importância da vacina que confere proteção a três tipos de vírus Influenza (H1N1, H3N2 e B). "A ampliação da campanha será mais uma aliada da Saúde dos suzanenses, sobretudo neste período de pandemia. A prevenção é sempre o melhor remédio. Neste momento, precisamos evitar casos graves de gripe e a vacina é o que nos dá essa possibilidade", disse.

Vale ressaltar que, para aquelas pessoas que já tomaram ou que irão tomar a vacina contra o coronavírus (Covid-19), o prazo de espera de pelo menos 14 dias entre as aplicações deverá ser respeitado. A medida se faz necessária diante da recomendação do Ministério da Saúde e de entidades do setor, como a Sociedade Brasileira de Imunizações. Já em caso positivo para a Covid-19, recomenda-se que a vacina da gripe seja aplicada somente depois de 30 a 45 dias do diagnóstico.

"Pedimos para que todos busquem a unidade de Saúde mais próxima e participem da imunização contra a gripe porque além de diminuir os riscos de casos graves de Influenza, a aplicação também evita o congestionamento dos hospitais e centros médicos. Nossa rede de Saúde segue concentrada no atendimento à Covid-19 e outras ocorrências de emergência", finalizou Ishi.