Central de Inteligência recebe 379 chamados

O Departamento de Fiscalização de Posturas e a Guarda Municipal atuaram durante todo o feriado prolongado, com o apoio da Polícia Militar. Entre a noite de quinta-feira passada e este domingo, a Central Integrada de Emergências (Ciemp) recebeu 379 chamados.

Neste período, foram registradas 13 autuações, sendo cinco por desrespeito à Lei do Silêncio, três por pichações, dois por desrespeito às normas de enfrentamento à pandemia, uma por realização de pancadão e uma por embaraço à fiscalização, além da registrada na ocorrência de apreensão de fios de cobre.

As autuações por desrespeito à Lei do Silêncio ocorreram no Conjunto do Bosque, no Jardim Esperança, no Rodeio, na Vila Oliveira e na Vila Joia. Já o desrespeito às normas de enfrentamento à pandemia foi registrado no centro e no Mogilar, enquanto o pancadão ocorreu em Jundiapeba.

As três multas por pichação aconteceram no centro e, por fim, o registro de embaraço à fiscalização foi registrado em Cezar de Souza.

A Guarda Municipal de Mogi das Cruzes também evitou três aglomerações. Os registros ocorreram em Cezar de Souza e no parque Botyra Camorim Gatti, no Centro Cívico.

"O trabalho conjunto dos órgãos de segurança pública é importante para a segurança da população, com ações ostensivas, de fiscalização, de inteligência e operações especiais. Combater o comércio irregular de cobre faz parte do trabalho contra o furto de fios e cabos, que traz problemas para serviços básicos como iluminação pública e sistema de telefonia", explicou o secretário municipal de Segurança, André Ikari.

A população de Mogi das Cruzes pode ajudar na fiscalização, com denúncia que podem ser feitas pelo telefone 153, da Ciemp. O atendimento é feito 24 horas por dia.

Deixe uma resposta

Comentários