910 pessoas deixaram de tomar a 2ª dose em Ferraz

Maior atraso é visto entre os idosos de Ferraz
Maior atraso é visto entre os idosos de Ferraz - FOTO: Jonathan Andrade/Secom Ferraz

A Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos contabiliza 910 pessoas que até ontem ainda não tomaram a segunda dose da vacina contra o coronavírus (Covid-19). Os idosos são a maioria dos que estão em atraso e totalizam 651 pessoas. A cidade tem avançado na vacinação da população e, atualmente, atinge o público mais jovem, porém, a efetividade da imunização só existe com o reforço da vacina.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica municipal, são considerados idosas pessoas com mais de 60 anos. Esse foi o primeiro público imunizado e que estava na faixa de risco logo no início da pandemia. No ranking dos atrasos, os profissionais da saúde estão em segundo lugar com 110 pessoas que não retornaram. Na sequência, estão a população em geral (61 pessoas); com comorbidades (47 pessoas); profissionais da Educação (30 pessoas); deficientes (8); população de rua (2 pessoas) e quilombola (1 pessoa)

É importante frisar que apenas a vacina Janssen é de dose única. Todas as outras precisam de um reforço para sua eficácia. No caso da vacina AstraZeneca/Oxford e Pfizer/Biontech é preciso um intervalo de 12 semanas. Em relação a CoronaVac/Sinovac, o intervalo é de 21 a 28 dias. A data da segunda dose consta na carteira de vacinação.

A orientação do Ministério da Saúde é que a população deve tomar a segunda dose da vacina mesmo se a pessoa estiver fora do prazo recomendado pelo laboratório. A medida é para assegurar a proteção adequada à doença e está na recomendação do Programa Nacional de Imunizações (PNI).