Sincomércio identifica aumento nas vendas

Consumidores se animaram com atualização do Plano SP e redução das restrições
Consumidores se animaram com atualização do Plano SP e redução das restrições - FOTO: Mariana Acioli/Arquivo

Com a extensão do horário de funcionamento do comércio em todo o Estado, o Sindicato do Comércio Varejista de Mogi das Cruzes e Região (Sincomercio) identificou um ligeiro aumento nas vendas no final de semana retrasado. O acréscimo ocorreu devido à elevação do número de clientes, já que os estabelecimentos passaram a atender com 60% da capacidade total.

Há duas semanas, os estabelecimentos podiam atender com apenas 40% de ocupação, segundo as determinações do governo de São Paulo. Além disso, desde o final de semana retrasado os lojistas puderam exercer suas atividades das 6 às 23 horas; antes, era preciso encerrar às 21 horas.

"Aos poucos estamos voltando com a economia, não podemos relaxar com as medidas de higienização e os protocolos de segurança contra o coronavírus", afirmou o presidente do Sincomércio, Valterli Martinez.

As novas determinações do Estado foram anunciadas em uma coletiva de imprensa com o governador João Doria (PSDB). Segundo ele, as novas determinações devem durar até o próximo dia 31. Na coletiva também foi anunciado o retorno das aulas presenciais nas universidades públicas e privadas, além das faculdades técnicas, a partir do dia 2 de agosto, com capacidade de 60%.

Desde o início de junho do ano passado, quando a pandemia já vitimava diversas vidas pela região e em todo o Estado, o governo tem realizado diferentes versões de quarentena baseadas no Plano São Paulo.

Para isso, são levados em consideração alguns indicadores, como a ocupação e quantidade de leitos de UTI para Covid-19, além dos números de casos, internações e óbitos por 100 mil habitantes. Todo o Estado continua na Fase de Transição, assim como as cidades do Alto Tietê.

Deixe uma resposta

Comentários