Unidades encerram revistas íntimas e retomam visitas

Itaquá possui duas unidades da Fundação Casa
Itaquá possui duas unidades da Fundação Casa - FOTO: Mogi News/Arquivo

Com a interrupção permanente das revistas íntimas de familiares dos adolescentes assistidos nas unidades da Fundação Casa, o governo do Estado de São Paulo retomou as visitas na entidade na manhã de ontem. A revista íntima foi abolida por ser contra a dignidade dos visitantes e a instituição não pretende retomá-la. No Alto Tietê, existem três unidades da Fundação, localizadas em Itaquaquecetuba e Arujá, totalizando 151 adolescentes atendidos.

Na unidade de Arujá, no Parque dos Arantes, há 58 adolescentes para 64 vagas, segundo informações do Estado. Já nas sedes de Itaquá, na avenida Pedro da Cunha Albuquerque Lopes e no Jardim Adriane, há 55 e 38 adolescentes, respectivamente, para 64 e 40 vagas.

As visitas estavam suspensas desde março, quando houve o agravamento da pandemia do coronavírus. "Como seguimos os protocolos do Centro de Contingência, à medida em que houve a reabertura das atividades e manutenção dos protocolos de higiene e distanciamento, a Fundação retomou as visitas familiares", explicou a entidade.

As visitas retornaram no sábado passado, em qualquer dia da semana, conforme agendamento da equipe técnica. Nos centros em funcionamento no Alto Tietê, a retomada começou ontem. Adolescentes, servidores e familiares utilizam máscaras de proteção facial e realizam a higienização das mãos durante o período de visita.

As duas unidades da Fundação Casa em Ferraz de Vasconcelos seguem fechadas desde abril de 2019, pois foram construídas sobre um antigo lixão e tiveram de ser desativadas por causa de vazamento de gás.

Deixe uma resposta

Comentários