Desassoreamento do córrego Itaim é finalizado em Poá

Medida visa impedir que alagamentos ocorram em Poá
Medida visa impedir que alagamentos ocorram em Poá - FOTO: Rodrigo Nagafuti/Secom Poá

Os serviços de desassoreamento do córrego Itaim, em Poá, realizados por meio de uma parceria entre a Prefeitura e o governo do Estado, foram concluídos na última sexta-feira. O custeio da obra realizada no trecho localizado ao lado da estrada Mário Covas, próximo ao limite com o município de Suzano, é proveniente do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro).

"Esse período é o ideal para realizar serviços de desassoreamento de córrego, em virtude da estiagem. Agora que encerramos a limpeza das margens e do leito do córrego Itaim, vamos dar início ao trecho do Rio Guaió, localizado no limite com a cidade suzanense", afirmou a secretária de Meio Ambiente, Recursos Naturais e Serviços Urbanos, Claudete Canada.

O desassoreamento tem como objetivo melhorar a vazão das águas e reduzir o risco de enchentes. "É uma obra muito importante porque em dias de fortes chuvas, as águas podem acabar retornando à cidade porque o leito do rio está assoreado", destacou Claudete.

O desassoreamento consiste na remoção de areia, lodo e outros sedimentos do fundo de rios e lagos que chegam aos corpos hídricos por meio de processos antrópicos ou naturais. O procedimento de remoção de sedimentos é geralmente executado de forma mecânica.

Rio Guaió

De acordo com a secretária de Meio Ambiente, ainda nesta semana o trecho do rio Guaió, também localizado no limite com Suzano, irá receber serviços de desassoreamento. "Até o presente momento seis córregos foram desassoreados este ano. Este serviço tem que ser realizado neste período mais seco, quando as chuvas não ocorrem com tanta frequência", finalizou a secretária.