Vereadoras promovem ação para arrecadar absorventes

Inês, Fernanda e Malu compõem a frente parlamentar em defesa das mulheres
Inês, Fernanda e Malu compõem a frente parlamentar em defesa das mulheres - FOTO: Divulgação/Assessoria Fernanda Moreno

A Frente Parlamentar em Defesa aos Direitos das Mulheres, da Câmara de Mogi das Cruzes, deu início, nesta semana, a uma campanha de arrecadação de absorventes para combate à pobreza menstrual. A medida, que acontece em parceria com o Fundo Social de Mogi, tem por objetivo colocar em prática o Projeto de Lei 18/21 recém aprovado pelo grupo de vereadoras Fernanda Moreno (MDB), Inês Paz (Psol) e Malu Fernandes (SD), que prevê o fornecimento gratuito de absorventes higiênicos reutilizáveis nos Cras, UBS e escolas do município.

Na tarde de ontem as três vereadoras realizaram uma ação de orientação sobre a pobreza menstrual e arrecadação de absorventes, no centro da cidade. Em poucos dias de campanha, o grupo de parlamentares conseguiu arrecadar quase uma centena de pacotes de absorventes higiênicos. "Podemos considerar que trata-se de um índice satisfatório, tendo em vista que o assunto precisa ser amplamente debatido, assim como o uso dos absorventes reutilizáveis", comentou Inês.

"A pobreza menstrual é um assunto que precisa ser mais conversado dentro da nossa sociedade, assim como os efeitos e constrangimento que as jovens e mulheres mais carentes enfrentam no trabalho e nas escolas. O que estamos fazendo aqui é só o começo", completou Fernanda.

A vereadora Malu é da mesma opinião. "A pobreza menstrual dificulta o convívio em sociedade e afeta a auto estima das mulheres. É a causa do alto índice de absenteísmo e queda de produtividade de mulheres nas escolas e no trabalho", disse. "Com a lei e distribuição gratuita dos absorventes em postos de saúde, centros de referência e escolas, estaremos minimizando esta situação", completou.

As três integrantes da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Mulheres, da Câmara de Mogi das Cruzes, pretendem dar seguimento à campanha de arrecadação, pelas próximas semanas e, ainda, por meio de parcerias, ampliar os pontos de doação de absorventes. "Temos algumas reuniões agendadas com representantes do comércio e de alguns segmentos. Quanto maior os pontos de doação, maior o índice de orientação e conscientização", finalizou Fernanda Moreno.

Deixe uma resposta

Comentários