'Pedágio Não' elogia relator

O coordenador do movimento Pedágio Não, Paulo Bocuzzi, elogiou a posição do conselheiro Renato Martins Costa, do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) contra o projeto da Artesp de instalar praças de pedágio em estradas da cidade.

Segundo Bocuzzi, a fundamentação do relator da representação movida pela Prefeitura de Mogi das Cruzes centrou-se nas possíveis repercussões sobre o trecho urbano da concessão à iniciativa privada. "Este posicionamento pode trazer uma reviravolta sobre os protocolos, mas é algo vinculado à retirada do trecho urbano. Por outro lado, é interessante por mostrar a força do município diante das argumentações do governo do Estado, e um aumento do nosso peso na negociação", apontou.

O coordenador do movimento reiterou que a comunidade colocou-se contra a instalação da praça de pedágio em qualquer parte do território mogiano. "Hoje a cidade possui um maior peso na mesa de negociações, e vejo com otimismo esta primeira decisão, o que pode levar a outras favoráveis à nossa causa", apontou.

Bocuzzi confirmou, no entanto, que não há mudança nos planos do movimento para o próximo sábado, a partir das 10 horas, com a realização de um novo ato na entrada da cidade. "Não será uma carreata como na última vez, mas um momento em que todos nós poderemos nos encontrar para demonstrar nossa insatisfação com este projeto", concluiu. (A.D.)

Deixe uma resposta

Comentários