Segunda fase de retomada das aulas abrangerá 88 unidades

Em razão da Covid, as aulas presenciais nas escolas foram suspensas para evitar o contágio na pandemia
Em razão da Covid, as aulas presenciais nas escolas foram suspensas para evitar o contágio na pandemia - FOTO: Mogi News/Arquivo

A Secretaria de Educação de Mogi das Cruzes inicia amanhã a Fase 2 da retomada gradual das aulas presenciais na rede municipal de ensino. Este segundo momento será com o retorno presencial de mais 80 escolas nesta segunda-feira e outras oito unidades iniciarão no dia 9. Nas escolas particulares e estaduais, o percentual de frequência passará para 100% com distanciamento de 1,5 m.

As medidas foram definidas de acordo com os critérios epidemiológicos. Como o processo de retomada nas unidades municipais teve início posteriormente, as escolas e creches da rede municipal, adequadas ao protocolo sanitário, seguirão, neste primeiro momento, com capacidade de até 35% de presença.

O atendimento das unidades autorizadas na Fase 2 da rede municipal será misto (presencial e remoto), assim como é feito na Fase 1. A partir do dia 9, serão 194 unidades escolares municipais neste modelo de funcionamento. Há um grupo de escolas que ainda não estão adequadas ao protocolo sanitário em função de obras em andamento, como a EM Prof. Benedito Estelita de Mello, no Socorro.

As escolas e creches da rede municipal autorizadas seguem um rigoroso protocolo sanitário, elaborado pelas secretarias municipais de Educação e Saúde, que também capacitaram servidores para formar uma Brigada da Pandemia na Escola em cada unidade escolar. Para auxiliar pais e responsáveis está disponível no portal da Secretaria de Educação (portal.sme-mogidascruzes.sp.gov.br) o Guia Prático de retorno às aulas presenciais.

Para atender aos grandes desafios trazidos pela pandemia e transformar a educação na cidade, a Secretaria de Educação tem trabalhado em um pacto municipal pela educação. Assim, Mogi das Cruzes, de forma pioneira, instituiu o GAEPE Mogi - Gabinete de Articulação para Enfrentamento da Pandemia na Educação, em parceria com o Instituto Articule. O gabinete reúne gestores, sistema de justiça, órgãos de controle e organizações da sociedade civil para um diálogo interinstitucional sobre as principais questões relacionadas ao impacto e ao enfrentamento da pandemia na educação.