Câmara pede por Correios e creche na volta às atividades

Prefeito Caio Cunha abre os trabalhos no retorno das sessões ordinárias na Câmara
Prefeito Caio Cunha abre os trabalhos no retorno das sessões ordinárias na Câmara - FOTO: Diego Barbieri/CMMC

A Câmara de Mogi das Cruzes retomou ontem suas atividades para este semestre com a primeira sessão ordinária depois do recesso de julho. Nela, os membros do Legislativo iniciaram articulações em torno de equipamentos públicos e filantrópicos de interesse da população.

Um dos temas abordados pelos vereadores foi a recente decisão do governo federal, por meio da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), de fechar o posto de atendimento no distrito de Jundiapeba.

O vereador Edson Santos (PSD), autor da propositura, declarou que os Correios possuem uma grande importância para os moradores no distrito da região oeste de Mogi, e que lamenta a proposta do governo de privatização, que poderia ser um dos motivos para a descontinuidade do atendimento.

Santos recebeu o apoio dos vereadores Inês Paz (Psol) e Iduigues Martins (PT), que também teceram críticas ao governo federal em propor a entrega da ECT à iniciativa privada, que foi colocada em pauta no Congresso Nacional em Brasília na noite de ontem. "A Câmara de Mogi precisa se posicionar oficialmente sobre este assunto, que pode nos afetar como comunidade, precisamos nos colocar repudiando este novo ataque do atual governo à população", afirmou Inês.

Os membros da Casa de Leis também assinaram uma moção conjunta de apelo ao Ministério da Educação em defesa da creche Nossa Senhora do Socorro, que atende crianças na região. A entidade filantrópica foi notificada pela Pasta que não conseguiu renovar a Certificação de Entidade Beneficente de Assistência Social (Cebas), e que, por isso, corre o risco de não receber repasses federais.

Os vereadores revezaram-se ao microfone para reiterar o caráter beneficente da creche, bem como pediram à população para que entrassem na página do Ministério da Educação na internet para manifestar-se na consulta pública virtual, ou procurar a secretaria da creche para preenchimento do abaixo-assinado.

A Comissão Permanente de Esportes e Cultura da Câmara também aprovou uma moção de aplauso às conquistas da atleta Rebeca Andrade, da ginástica artística, nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Nascida em Guarulhos, na Região Metropolitana de São Paulo, Rebeca conquistou uma medalha de ouro no salto individual feminino e uma medalha de prata na ginástica artística individual. Os vereadores reforçaram também a importância da participação de Grazieli de Jesus, que competiu no boxe feminino na categoria até 51kg, e de Maciel Santos, que competirá nos Jogos Paralímpicos de Tóquio que acontecem neste mês.

Prefeito Cunha

A volta das sessões no plenário da Câmara também foi marcada pela presença do prefeito municipal, Caio Cunha (Pode), que tratou de temas de interesse da população ligados à coleta de lixo (leia mais nesta edição). A intervenção também serviu para que vereadores de diversas legendas pudessem fazer observações ao chefe do Poder Executivo.

Deixe uma resposta

Comentários