Quase 2,8 mil famílias vão receber o Vale Gás

O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL), e o secretário municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Geraldo Garippo, participaram ontem do anúncio da ampliação do programa estadual "Vale Gás" para 2.790 famílias suzanenses. O benefício consiste no repasse de R$ 300, pago em três parcelas bimensais de R$ 100, a famílias em situação de extrema pobreza para a aquisição de botijões de gás de cozinha (GLP 13 quilos), garantindo a segurança alimentar de milhares de cidadãos. A primeira parcela começou a ser paga no dia 20 de julho e já está disponível para os novos beneficiários.

Os detalhes sobre a manutenção e ampliação do "Vale Gás" foram repassados aos gestores municipais, que já haviam participado do primeiro anúncio do programa em junho. O benefício, que até então priorizava as famílias que residiam em comunidades e locais de pouca infraestrutura e de alto risco, foi ampliado e direcionado às famílias com renda mensal per capita de até R$ 178, desde que inscritas no CadÚnico, sem o Bolsa Família.

Para o prefeito Ashiuchi, o programa traz mais dignidade e qualidade de vida às famílias suzanenses. "Essa é uma medida assertiva do governo do Estado que vem fazendo a diferença na vida de milhares de paulistas em situação de vulnerabilidade. Sabemos que a pandemia penalizou muitas famílias, sobretudo aquelas que já vinham enfrentando desafios. Por isso, juntamente com o benefício estadual, em Suzano estamos empenhados com políticas sociais de geração de emprego e renda, além do fomento à atividade empresarial e da assistência à alimentação por meio de ações da Assistência e Desenvolvimento Social, em parceria com o Fundo Social de Solidariedade e o Banco de Alimentos", lembrou.