Itaquá será contemplada com Praça da Cidadania

Espaço abrigará quadra poliesportiva, pista de skate, de caminhada, entre outros
Espaço abrigará quadra poliesportiva, pista de skate, de caminhada, entre outros - FOTO: Divulgação

Prevista para inaugurar em meados de 2022, a Praça da Cidadania de Itaquaquecetuba será a primeira da região do Alto Tietê e a maior do Estado. O projeto será instalado no bairro Marengo em um espaço de aproximadamente 5 mil m² que abrigará quadra poliesportiva, pista de skate e de caminhada, auditório, academias ao ar livre, parque para as crianças, assim como também promoverá oficinas e cursos profissionalizantes.

O convênio para a implantação foi assinado pelo governador de São Paulo João Dória (PSDB), na terça-feira passada, no Palácio dos Bandeirantes, com a presença do prefeito Eduardo Boigues (PP), da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Mila Prates Queroz, da secretária de Habitação, Angela Quirino, do secretário de Planejamento e Meio Ambiente, João Carlos Navarro, e da secretária de Desenvolvimento Social, Claudia Marzagão.

A Praça, que já existe em três municípios e agora outros seis foram contemplados, tem como intuito promover a cidadania por meio da inclusão social, integrando soluções nas áreas de educação, economia e ecologia. Para sair do papel e beneficiar a população, a Prefeitura de Itaquaquecetuba cedeu o espaço e a manutenção do projeto será custeada pela iniciativa privada, com o apoio da Ecovias e da Ecopistas.

"Temos muitas novidades vindo aí. A Praça da Cidadania foi uma grande conquista. Ofertaremos cursos de qualificação e capacitação para inserir os jovens no mercado de trabalho e teremos, ainda, espaços de convivência para crianças, jovens e idosos", disse o prefeito.

Já a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Mila Prates Queroz, disse que o projeto mostra o quanto essa gestão está comprometida com a população. "Estou muito feliz que esse projeto sairá do papel. Nossos munícipes precisam de seriedade e trabalho."