Quantidade de leitos de UTI para Covid cai 29% em Mogi

Alterações ocorrem em razão da diminuição das internações por coronavírus
Alterações ocorrem em razão da diminuição das internações por coronavírus - FOTO: Mogi News/Arquivo

A quantidade de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) disponíveis aos pacientes em tratamento do coronavírus (Covid-19) diminuiu em 29% em Mogi das Cruzes nos últimos três meses. Em relação aos leitos de Enfermaria, que tratam os pacientes em estado menos grave da doença, a queda foi de 23% neste mesmo período de 90 dias.

Os dados divulgados ontem pela Secretaria Municipal de Saúde indicam que no final de maio, no dia 30, Mogi contava com 403 leitos, sendo 164 de UTI e outros 239 de Enfermaria. Na mesma data de junho houve um aumento, o número total subiu para 406 (166 leitos de UTI e 240 de Enfermaria).

Entretanto, após um mês, no dia 30 de julho os números passaram para 299 leitos no geral, já que 115 eram de UTIs e 184 de Enfermaria. A queda nas internações está diretamente relacionada ao avanço da vacinação. Nesta semana, Mogi chegou a 75% da população adulta vacinada, seja com primeira dose ou dose única, e 25% da população adulta completamente imunizada (dose única ou duas doses).

"Isto aponta os primeiros reflexos de estabilidade nas internações, permitindo a reversão de leitos até então destinados aos pacientes atingidos pelo novo coronavírus para atendimento também de outras comorbidades", explicou a Secretaria Municipal de Saúde.

Em Suzano, a diminuição de unidades de Enfermaria e UTI também ocorreu devido à queda das internações dos pacientes com a doença. Em maio e junho a quantidade se manteve igual, 77 leitos, sendo 20 de UTI e 57 de Enfermaria/Semi-Intensiva. No entanto, no mês passado o número caiu para 52 leitos no total, dez de UTI e 42 de Enfermaria/Semi-Intensiva, uma queda de 50% e 26%.

Além disso, até 27 de julho, o município de Itaquaquecetuba somava 51 leitos de Emergência e 55 de Enfermaria distribuídos entre o hospital de campanha, a Central de Atendimento Covid-19, Centro de Saúde e Unidade de Pronto Atendimento.

Com o encerramento do hospital de campanha no dia 27 de julho, graças ao avanço da vacinação e redução no número de casos e óbitos por Covid-19, a quantidade voltou para 35 leitos de Enfermaria e 11 de Emergência, diminuição de 31% e 80%. Nos últimos três meses, em Poá os leitos se mantiveram iguais, ou seja, 22 de Enfermaria e dois de Emergência.