Isolamento social não chega a 40%

O índice de distanciamento social, necessário para ajudar a conter a pandemia do coronavírus (Covid-19), continua com as mesmas variações se comparados os três meses antes do início da vacinação, do ano anterior, com os últimos três meses deste ano. Em Mogi das Cruzes, o cronograma de imunização contra o vírus começou em fevereiro deste ano e neste momento a cidade já tem vacinado pessoas com idades acima dos 18 anos.

Durante os três últimos meses, o Sistema de Monitoramento Inteligente (Simi) registrou uma média de distanciamento social de 36% a 39% em grande parte dos dias úteis, sendo que aos domingos os índices ultrapassaram os 40%. Nos três últimos meses antes da vacinação, o distanciamento social não foi diferente, os índices estiveram entre os 39% e 42%.

Em Suzano, por exemplo, em outubro, novembro e dezembro do ano passado, os índices de distanciamento social mais documentados pelo Simi foram de 39% e 45%, em janeiro os índices foram os mesmos. Já nos últimos três meses, os números mais registrados foram 39% e 40%.

Em Itaquaquecetuba e Ferraz de Vasconcelos, em outubro, novembro e dezembro do ano passado, os índices de distanciamento social mais documentados pelo Simi foram os 39% e 44%, em janeiro os índices foram os mesmos. Já nos últimos três meses, os números mais registrados foram 37% e 47%, com os maiores índices aos domingos.

Por fim, antes da vacinação, o município de Poá o Simi registrou uma média de 36% a 40% de distanciamento social, passando para 35% e 42% em grande parte dos dias nos últimos três meses.