Alto Tietê acumula mais de 5,2 mil mortes por Covid-19

Guararema, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes e Suzano foram as cidades que registraram, ontem, mortes por coronavírus (Covid-19), segundo informou o Consórcio de Desenvolvimentos dos Municípios do Alto Tietê (Condemat). Suzano foi a que registrou o maior número de vítima fatais da doença, sete no total, em seguida aparece Guararema, com quatro óbitos; Mogi com dois e Itaquá com um caso fatal.

Com a atualização de vítimas fatais por coronavírus, a região acumula, desde março do ano passado, 5.203 falecimentos provocados pela doença. Mogi registrou, até ontem, 1.606 óbitos, enquanto Suzano possui 926 mortes confirmadas e Itaquá, 969. Por sua vez, as outras duas cidades que fazem parte do grupo das cinco mais populosas da região, o G5, Poá e Ferraz de Vasconcelos, registram 380 e 492 falecimentos por Covid-19, respectivamente. Em relação aos casos confirmados da doença, o Condemat informou que 123.551 contaminações foram confirmadas pela Covid, deste total, 14.494 ainda estão com o vírus ativo.

O Estado de São Paulo registrou, ontem, 8.785 pessoas internadas por Covid-19. A última vez que SP esteve com menos de 9 mil hospitalizados pela doença havia sido no dia 23 de novembro de 2020, 263 dias atrás.

Entre o total de internações informados ontem, 4.351 são em enfermarias e 4.434 em leitos de Terapia Intensiva. Além disso, pela primeira vez no ano a taxa de ocupação dos leitos de Covid-19 em todo o território está abaixo de 45%, sendo de 44,7% no estado e de 42,3% na Grande São Paulo.

As quedas, segundo o governo do Estado, são reflexo do avanço da campanha de vacinação contra e das estratégias de prevenção e enfrentamento da doença.

O balanço acumulado da pandemia totaliza 4.156.563 casos, sendo que 3.847.002 pessoas tiveram a doença e já estão recuperadas, incluindo 433.868 que foram internadas e receberam alta hospitalar. Houve 142.199 mortes pela doença.