Mais de 60% dos moradores do Alto Tietê já foram vacinados

Busca ativa está sendo realizada para localizar aqueles que ainda não se vacinaram
Busca ativa está sendo realizada para localizar aqueles que ainda não se vacinaram - FOTO: Rodrigo Nagafuti/Secom Poá

Região - As dez cidades do Alto Tietê chegaram na tarde de ontem à marca de mais de 1 milhão de moradores com pelo menos a primeira dose da vacina contra o coronavírus (Covid-19), segundo a plataforma "Vacina Já" do governo do Estado. Isto representa que 60,5%, de todos os habitantes já receberam, ao menos, uma dose da vacina contra a doença. Vale lembrar que o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em agosto do ano passado, informou que a região possui 1.670.651.

Em números exatos, 971.126 pessoas receberam a primeira dose e 40.674 receberam a vacina da Janssen em dose única, totalizando 1.011.800 pessoas. Deste total de pessoas, 311.059 já receberam as duas doses da vacina e estão protegidas de forma integral. A data de ontem marcou o "Dia da Esperança", data em que seria encerrada a vacinação de adultos no Estado. Em números oficiais, 92% das pessoas com mais de 18 anos em São Paulo foram imunizadas.

A Prefeitura de Mogi das Cruzes, por meio de sua Pasta municipal de Saúde, informou que inicia o agendamento online para adolescentes a partir de hoje. O agendamento pode ser feito por meio da página da Prefeitura de Mogi na internet (https://vacina.mogidascruzes.sp.gov.br/). Até ontem ,foram registradas cerca de 280 mil pessoas com a primeira dose ou a dose única contra a Covid-19, o que equivale a 86% da população adulta da cidade.

A administração municipal esclareceu que há dez dias foi feito um levantamento que apontou 3 mil mogianos que não receberam a segunda dose. "No entanto, este número está sendo revisto por conta da força-tarefa para busca ativa deste público", explicou em nota.

Na cidade de Suzano, a Secretaria de Saúde informou que na sexta-feira realizou a vacinação do público com mais de 18 anos, e que até o final desta semana 185.718 moradores receberam a primeira dose, o que equivale a 84,29% da população adulta na cidade, e que 2 mil pessoas ainda podem receber a segunda dose mesmo estando fora da data.

A Prefeitura de Poá informou que desde sexta-feira iniciou a imunização de jovens com comorbidades com idade acima de 12 anos, além de gestantes e puérperas com mais de 15 anos. O município, até a semana passada, havia imunizado 73,8 mil pessoas com a primeira dose e 2,9 mil com a dose única. Perguntados sobre o número de pessoas que ainda não haviam recebido a segunda dose mesmo estando aptas, a Secretaria de Saúde informou que o Departamento de Vigilância em Saúde estava realizando o levantamento de dados.

Guararema comunicou por nota que já abriu o pré-cadastro para vacinação de homens e mulheres a partir dos 18 anos em sua página na internet, e que 70% da população, ou 20,2 mil com a primeira dose e 853 com dose única, haviam sido imunizados até semana passada. "O número de pessoas com a segunda dose a receber está em torno de 80 pessoas. A Central faz contato com os faltosos, incentivando o comparecimento para aplicação", explicou.

Menos de 18

Por sua vez, o poder Executivo de Ferraz de Vasconcelos respondeu que desde ontem estão liberadas as faixas de 12 a 17 anos com comorbidades, e que receberam a primeira dose e dose única 106 mil pessoas, o equivalente a 64,66% da população adulta até semana passada, e que cerca de 58 mil munícipes receberam a primeira dose e ainda não receberam a segunda, mesmo estando aptos.

A Prefeitura de Biritiba Mirim disse à reportagem que jovens de 16 e 17 anos com comorbidades já podem se vacinar contra a Covid-19. Na última semana, a cidade 18,6 mil pessoas receberam a primeira dose e 857 a dose única, o equivalente a 57% da população da cidade.

Procurada pela reportagem, a prefeitura de Itaquaquecetuba informou que no sábado teve início à vacinação para pessoas com mais de 18 anos. Segundo sua página na internet, até sexta-feira haviam sido vacinadas 183,8 mil pessoas com a primeira dose, além de 9,3 mil pessoas com a dose única da vacina Janssen, o que representa mais de 61% da população adulta da cidade. "Até o momento, 8.985 pessoa ainda não receberam a segunda dose, mesmo estando aptas", explicou.