Fatec começa a ser construída a partir do dia 30 de agosto

Prefeito Rodrigo Ahsiuchi ao lado de Laura Laganá, da CPS, e Estevam Galvão
Prefeito Rodrigo Ahsiuchi ao lado de Laura Laganá, da CPS, e Estevam Galvão - FOTO: Irineu Junior/Secop Suzano

Suzano - O projeto da Faculdade de Tecnologia (Fatec) está prestes a sair do papel. Isso porque, ontem, o prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) recebeu a confirmação de que as obras de construção da unidade terão início no dia 30. A expectativa é de que os trabalhos sejam concluídos em dois anos, com previsão de entrega para o segundo semestre de 2023.

O anúncio foi feito pela superintendente do Centro Paula Souza (CPS), Laura Laganá, em audiência na sede do órgão, que foi acompanhada pelo deputado estadual Estevam Galvão (DEM). Com isso, o campus da nova unidade de ensino superior será implantado no terreno doado pela prefeitura no Jardim Monte Cristo, em uma área de 10,8 mil metros quadrados na esquina das avenidas Paulista e Mogi das Cruzes. O espaço terá capacidade para atender 480 alunos, com 12 salas de aula, auditório, refeitório, sete laboratórios e estrutura para abrigar diretoria e corpo docente.

A Fatec de Suzano recebeu um investimento de R$ 16.859.546,02 e será executada pela Arcante Construtora Eireli-EPP, conforme licitação feita pela autarquia do governo do Estado. Quando estiver pronta, a unidade deverá iniciar o atendimento dos alunos com a oferta inicial de dois cursos: Gestão de Produção Industrial e Redes de Computadores.

A Prefeitura de Suzano já havia superado todas as fases burocráticas e documentais para a construção do campus. De acordo com a Secretaria Municipal de Assuntos Jurídicos, a minuta da escritura pública de doação do terreno municipal foi emitida em 6 de novembro de 2020, pelo 1º Tabelião de Notas e Protestos de Letras e Títulos de Suzano. Por parte da administração municipal, esta era a última etapa para o início da implantação.

Estiveram presentes na ocasião o secretário de Educação de Suzano, Leandro Bassini, o diretor da Secretaria Municipal de Assuntos Jurídicos, José Serafim da Silva, e a assessora da Unidade de Planejamento e Assuntos Estratégicos (Upae), Carol Umebayashi.

A superintendente do CPS, Laura Laganá, disse estar feliz com o sucesso do projeto e agradeceu tanto o prefeito, pela doação da área, como o deputado, pela colaboração nas tratativas do projeto. "Será uma grande faculdade e iremos trabalhar muito para que ela tenha o alto padrão de excelência que já é tradição nas unidades da Fatec", afirmou.

Já o deputado estadual Estevam Galvão lembrou da luta para trazer uma faculdade de tecnologia para a cidade. "Depois de muitos obstáculos superados, hoje finalmente, ao lado do prefeito Rodrigo Ashiuchi, podemos comemorar a primeira faculdade gratuita para a nossa população. Será uma obra custeada integralmente pelo governo do Estado", disse.

Em sua fala, Ashiuchi ressaltou que a conquista foi fruto de um esforço conjunto para finalmente tirar este sonho do papel e transformá-lo em realidade. Ele ainda agradeceu o apoio do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e de seu vice, Rodrigo Garcia (PSDB). "É um projeto muito esperado não só por Suzano, mas por toda a região. Fui aluno do Centro Paula Souza e conheço a qualidade excepcional de ensino, que também será oferecida na unidade suzanense. Por isso, é com muita alegria que abrimos caminho para que mais cidadãos possam ter acesso ao ensino superior de forma totalmente gratuita", concluiu.