Greve nas linhas 11 e 12 afeta quase um milhão de usuários

Trens não circularam ontem durante a maior parte do dia nas linhas da região
Trens não circularam ontem durante a maior parte do dia nas linhas da região - FOTO: Daniel Carvalho/Mogi News

Região - Usuários do transporte sobre trilhos do Alto Tietê sofreram, ontem, os efeitos da greve dos trabalhadores da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que interromperam as atividades nas linhas 11-Coral e 12-Safira, afetando quase 1 milhão de pessoas. Além das duas linhas que servem à região, os ferroviários também paralisaram a Linha 13-Jade. Hoje a operação volta ao normal após acordo do sindicato com a empresa.

A paralisação teve início à meia-noite de terça-feira, com a interrupção na Linha 11-Coral (entre Guaianases e Estudantes), Linha 12-Safira (de Brás a Calmon Viana) e Linha 13-Jade (de Engenheiro Goulart a Aeroporto-Guarulhos).

A reivindicação do sindicato da categoria é o reajuste salarial referente aos anos de 2020-2021 e 2021-2022. Segundo reportado à imprensa, a adesão foi de 100% dos funcionários nas três linhas de trens metropolitanos.

A CPTM informou em nota que, mesmo com a greve dos ferroviários nas três linhas, houve operação parcial com circulação de trens no horário de pico da tarde na Linha 11-Coral no trecho entre Guaianases e Luz, e na Linha 12-Safira no trecho entre Brás e Itaim Paulista.

"Os trechos entre Guaianses e Estudantes na Linha Coral, e entre Itaim e Calmon Viana continuam paralisados. Nestes dois trechos foi acionado o sistema Paese (Plano de Atendimento entre Empresas em Situação de Emergência) para minimizar o impacto para a população. Na linha 13-Jade, a adesão à greve continua total", informou ontem a companhia.

A CPTM informou que o movimento de greve contrariou ontem uma decisão da Justiça do Trabalho que determinou a manutenção de 70% dos ferroviários no horário de pico e de metade nos demais horários, sob pena de multa de R$ 100 mil diários ao sindicato da categoria.

A Linha 11-Coral atende cerca de 686,5 mil passageiros por dia, ligando o diversas cidades da zona leste da Grande São Paulo, é alinha com maior número de passageiros do sistema, sendo complementada pela Linha 12-Safira que atende 286,6 mil usuários por dia. A Linha 13-Jade, que promove a nova ligação com o Aeroporto Internacional de Guarulhos, recebe 15,5 mil pessoas diariamente, em média.

Em 15 de julho, as linhas 7-Rubi, 8-Diamante, 9-Esmeralda e 10-Turquesa, também foram paralisadas em razão de greve dos trabalhadores. Nesta ocasião, as linhas que servem à região não foram afetadas.

 

Deixe uma resposta

Comentários