Radares multam mais de 15 mil motoristas em dois meses

Mogi - A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Transportes, informou ontem que realizou, entre junho e julho deste ano, cerca de 15,6 mil autuações por meio do sistema de monitoramento de velocidade por câmeras em ruas e avenidas da cidade.

O sistema de fiscalização contra excesso de velocidade, segundo a administração municipal, chegou a ficar desativado no período entre agosto de 2020 e maio de 2021, sendo reativado em 26 de maio. "O consórcio responsável pela fiscalização eletrônica na cidade é o Consórcio Caminhos Seguros Mogi, vencedor do processo realizado em 2020".

Sobre o processo de aferição, a poder Executivo informou que o procedimento segue a legislação federal sobre fiscalização eletrônica e é feito pelo Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro), como parte da responsabilidade do consórcio vencedor da licitação.

A pasta de Transportes informou, por meio de nota, que foi aplicado um período de transição aos motoristas que trafegam no município para adequação, na primeira semana de retomada dos trabalhos. "O funcionamento foi orientativo, sem a emissão de autuações aos motoristas", explicou.

Questionada sobre a possibilidade de instalação de novos radares, a Prefeitura informou que o novo edital será divulgado em breve, com um novo modelo de fiscalização que terá abrangência de toda a cidade. "A fiscalização eletrônica faz parte de uma série de ações que estão sendo desenvolvidas pela Prefeitura de Mogi das Cruzes para melhorar a segurança viária do município. Os trabalhos compreendem ações integradas de sinalização, fiscalização, engenharia de tráfego e educação para o trânsito", concluiu em nota.

Atualmente, Mogi conta com 15 radares ativos entre semáforos, fixos, de restrição de caminhões e barreiras eletrônicas do tipo 2 (educativa). Outros 18 radares estão em fase de implantação. Sobre os sistemas de radar estático, conhecido como "Móvel", a Pasta informou que ele será voltado, quando necessário, apenas para ações de engenharia de tráfego com a contagem de veículos, e não para multar motoristas.

Na SP-88

Questionado pela reportagem do MogiNews/DAT, o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de São Paulo (DER-SP) informou que está elaborando um processo licitatório para a contratação de novos radares fixos na SP-088, rodovia que inclui a Mogi-Dutra em seu trecho. "Vale lembrar que a fiscalização de velocidade continua sendo realizada pela Polícia Militar Rodoviária por meio de radares portáteis, operados por agentes", informou.

Deixe uma resposta

Comentários