Mais de 414 mil são vacinados com a 2ª dose no Alto Tietê

Região - Um levantamento do Grupo MogiNews/DAT junto à plataforma VaciVida do governo do Estado atestou que mais de 414 mil moradores do Alto Tietê já receberam a primeira e segunda doses da vacina contra o coronavírus (Covid-19).

Nesta semana, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, fez um apelo para que mais de 1,23 milhão de pessoas procurem um posto de vacinação próximo de sua residência para concluir o processo de imunização. Nas apurações da Pasta estadual, metade deste público está concentrado na Região Metropolitana de São Paulo, onde está o Alto Tietê.

Segundo o Palácio dos Bandeirantes, a plataforma leva em consideração os dados repassados pelas secretarias municipais de Saúde, que atualizam diariamente os números da população que receberam a primeira, a segunda e a dose única dos agentes imunizantes disponibilizados pelo Plano Nacional de Imunização (PNI).

Até o início da tarde da sexta-feira passada, o Alto Tietê já havia ultrapassado a marca de um milhão de pessoas com a primeira etapa de imunização: 1.063.951 pessoas, entre jovens e adultos a partir dos 16 anos, já haviam contabilizado pelo menos uma dose. Entretanto, nas dez cidades do bloco regional, o número de pessoas com a primeira e segunda dose chegam a 414 mil.

Por cidades

Em números absolutos, a cidade de Mogi das Cruzes é a que está com o processo de imunização mais adiantado: de 300.561 pessoas com a primeira dose, 124.826 estão completamente imunizadas.

O município com o maior número absoluto de imunizados é Itaquaquecetuba, que contabilizou 218.252 pessoas com a primeira dose e 73.790 com o cronograma de imunização completo. Entretanto, a cidade que possui a menor diferença entre as cinco mais imunizadas é Suzano, que registrou 197.489 com a primeira dose e 75.186 com a segunda dose.

Em quarto lugar no ranking local de vacinação, Ferraz de Vasconcelos protegeu 118.140 pessoas com a primeira dose do agente contra o novo coronavírus, enquanto que 41.641 pessoas possuem as duas doses completas. Em quinto lugar, figura a cidade de Poá, com 73.786 pessoas com a primeira dose e 32.191 com a primeira e segunda aplicações.

As autoridades de Saúde reiteram que a segunda dose da vacina contra a Covid-19 passa a ter efetividade duas semanas após o recebimento da segunda dose para que o imunizante tenha o efeito prometido.

Etapas

Algumas das cidades iniciaram novas etapas de agendamento ou adiantaram seus cronogramas de vacina. Um dos casos é de Mogi das Cruzes, que desde o dia 23 de agosto abriu o agendamento da segunda dose da vacina CoronaVac para quem recebeu até 30 de julho e a segunda dose da AstraZeneca para quem foi vacinado até 11 de junho.

Na cidade de Suzano, na última sexta-feira teve início o processo de adiantamento da segunda dose para quem recebeu a vacina da AstraZeneca até o dia 3 de setembro nos postos de vacinação dos distrito de Palmeiras e Boa Vista, além do posto de vacinação na Arena Suzano, no Parque Max Feffer.

A Prefeitura de Itaquaquecetuba usou as redes sociais para fazer um apelo à população com mais de 60 anos para completar o calendário vacinal. Em uma mensagem, ressaltou que tal parcela do público conta com 90% de cobertura para a primeira dose e 93% para a segunda, e que estão abertas para vacinação nos postos da cidade.

A Prefeitura de Poá também pediu pelas redes sociais a atenção da população com a data de retorno para a segunda dose. "Quando chegar o dia compareça a um dos pontos de vacinação e complete o seu sistema vacinal. Não dê espaço para essa doença. Proteja-se e proteja a sua família", afirma a administração municipal.

 

Deixe uma resposta

Comentários