3 pacotes de infraestrutura são aguardados nos próximos dias

Projeto original do Mais Mogi Ecotietê prevê abertura de dois parques na cidade
Projeto original do Mais Mogi Ecotietê prevê abertura de dois parques na cidade - FOTO: Divulgação/PMMC

Mogi - A cidade completa, na próxima semana, em 1º de setembro, 461 anos de fundação, sendo uma das mais antigas do país - entretanto, a expectativa no setor de infraestrutura para setembro e para o segundo semestre deste ano é da aplicação de três pacotes de melhorias e infraestrutura para a cidade.

O primeiro dos pacotes é o do programa "Mais Mogi", que foi reapresentado pela administração municipal no final de junho deste ano. Anteriormente conhecido como "Mogi Mais Eco Tietê", o pacote conta com investimentos de aproximadamente R$ 350 milhões, financiados pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF).

Na ocasião, o secretário de Planejamento de Mogi das Cruzes, Claudio Rodrigues, informou que a partir deste segundo semestre começam as obras de dois parques municipais, além da expansão da Estação de Tratamento de Esgoto Leste (ETE-Leste), que já foi licitada. Na ocasião, Rodrigues informou que restavam apenas pendências para licenciamento ambiental para o início dos trabalhos.

A expectativa da Prefeitura é de que as obras, que também envolvem a construção e recuperação de ruas e avenidas e a instalação de novas redes de coleta de esgoto, tenham duração de mais de cinco anos.

Outro ponto que vem sendo aguardado pela população mogiana é o desfecho do projeto de recuperação da estrada da Volta Fria. O traçado de mais de 12 km, que inclui a recuperação de uma ponte de madeira utilizada por moradores e caminhoneiros, vem sendo requisitada há mais de 40 anos junto ao Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de São Paulo (DER).

No final de novembro do ano passado, a diretoria-geral do DER chegou a mencionar à imprensa local que o projeto executivo da obra já estava concluído. Em maio deste ano, o governo do Estado confirmou que a estrada estava incluída no pacote de melhorias do programa "Novas Vicinais", e foi apresentado oficialmente no mês de julho, em conjunto com outras estradas vicinais no Alto Tietê.

Questionado pela reportagem, o prefeito  Caio Cunha (Pode) disse que espera que o governo do Estado cumpra suas promessas e entregue as melhorias o quanto antes. "Inclusive, os serviços podem ser entregues em etapas, adiantando a pavimentação e a reforma da ponta em uma segunda etapa. O que o bairro precisa é destes avanços, e logo", afirmou.

O terceiro eixo das obras de infraestrutura e melhorias aguardado pela população mogiana é a revitalização da estrada do Taboão, que foi incluída na Fase 1 do pacote "Novas Vicinais". O programa de recuperação de estradas prevê o recapeamento, instalação de drenagem e sinalização nos 20 quilômetros da via, abrangendo diversos bairros da cidade.

A etapa da licitação, segundo o DER e a Prefeitura de Mogi, já está na assinatura do contrato e os trabalhos podem começar no segundo semestre deste ano.

Deixe uma resposta

Comentários