Emprego e Renda

Prefeitura de Mogi estuda criação de Frente de Trabalho nos bairros

André Diniz
31/08/2021 às 05:30
Atualizada em 31/08/2021 às 05:30.
Guilherme Berti/PMMC

Guilherme Berti/PMMC

Durante o evento com jornalistas realizado na manhã de hoje na Prefeitura de Mogi das Cruzes, o prefeito Caio Cunha (Pode) informou que está em fase de estudos a criação de uma frente de trabalho nos bairros, com recursos suplementares do programa “Auxílio Empresarial Mogiano”.

A declaração foi feita a jornalistas durante a apresentação do calendário de eventos em celebração aos 461 anos de fundação do município. O prefeito de Mogi, juntamente com a vice-prefeita Priscila Yamagami Kehler (Pode) e da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Simone Margenet Cunha.

A apresentação do projeto foi feita durante a apresentação do balanço das ações voltadas ao auxílio da população no período da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) realizadas no primeiro semestre do ano, como o “Auxílio Emergencial Mogiano” que concedeu três parcelas de R$100 para famílias em situação de vulnerabilidade, e do “Auxílio Empresarial Mogiano”, voltado para micro e pequenas empresas.

À época do lançamento do programa, a Prefeitura de Mogi das Cruzes tinha uma estimativa de adesão de até 7.687 micro e pequenas empresas com até cinco funcionários que são integrantes do sistema tributário Simples Nacional. No entanto, no final do período de inscrições, 854 empresas se cadastraram para o benefício, que previa de R$300 a R$1500 em repasses por um período estabelecido.

Na visão da Prefeitura de Mogi das Cruzes, as equipes poderão atuar nos bairros, aproximando ainda mais o poder público da população. Segundo o prefeito de Mogi das Cruzes, a frente de trabalho seria uma solução não apenas para o auxílio na questão do emprego e renda, mas também da qualificação profissional. “A frente de trabalho permitirá que o seu participante possa ter uma nova chance de reposicionamento no mercado de trabalho”, declarou.

Questionada pela reportagem, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico afirmou que o programa terá como objetivo promover o aquecimento da economia em um momento de retomada das atividades econômicas. “Assim que todos os pontos da proposta estiverem alinhados, será realizada a divulgação oficial à Imprensa”, informou a pasta em nota oficial.

Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do governo federal, a cidade de Mogi das Cruzes no mês de julho teve um saldo positivo de 242 vagas de emprego (uma variação positiva de 0,24%). No entanto, o setor de prestação de serviços foi o que teve o maior número de dispensas, com 1.833 admissões e 1.877 demissões - um saldo negativo de 44 vagas (variação de 0.09%).

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

Reclamações ou sugestões:

redacao@portalnews.com.br

Comercial e parcerias:

contato@portalnews.com.br

© 2021 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News de Comunicação

Desenvolvido por

Distribuído por