Quatro cidades estão com leitos Covid desocupados

Região - As secretarias de Saúde de quatro cidades do Alto Tietê, dentre seis consultadas, não tiveram, até ontem, pacientes internados com o coronavírus (Covid-19) nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e enfermarias. No levantamento, Guararema, Itaquaquecetuba, Poá e Suzano não apontaram ocupação de leitos.

A Prefeitura de Guararema, por meio de nota, informou que a cidade está há mais de uma semana sem internações por Covid-19 na Santa Casa, unidade que atende aos casos. Poá informou que os dois leitos de Enfermaria e dois leitos de emergência no Hospital Municipal Dr. Guido Guida seguem livres, e que a cidade não possui nenhum paciente cadastrado na fila de espera da Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde (Cross).

Por sua vez, Suzano também confirmou que nenhum dos leitos ofertados para Covid-19 no Pronto-Socorro (PS) Adulto Municipal e na parceria com a iniciativa privada para leitos de (UTI) estão com pacientes. No Hospital Auxiliar de Suzano, sob responsabilidade estadual, seis dos 20 leitos de Enfermaria possuem pacientes, uma ocupação de 31,2%.

Em nota, a Prefeitura de Itaquaquecetuba informou que não constam pacientes com o novo coronavírus ou com a suspeita da doença na sua rede municipal. O Hospital Santa Marcelina, de gestão estadual, possui um dos dez leitos de UTI (10%) e um dos dez leitos de Enfermaria (10%) ocupados.

Mogi das Cruzes informou que 41 leitos públicos de UTI de um total de 320 disponíveis em hospitais públicos e privados estão ocupados, o que representa 12,8% da taxa de ocupação; entre os leitos de Enfermaria, 32 dos 962 da oferta em todo o município representam uma taxa de 3,32%.


No Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos, segundo a Secretaria de Estado da Saúde, sete dos 26 leitos de UTI contam com pacientes, o que representa ocupação de 26,92%. Na Enfermaria, cinco pacientes de 26 vagas estão internados, o que representa 19,2%.