Internações por coronavírus no Alto Tietê têm leve aumento

Na Enfermaria, a ocupação é de 3,32% em Mogi
Na Enfermaria, a ocupação é de 3,32% em Mogi - FOTO: Divulgação/PMMC

Região - Uma nova apuração do Grupo MogiNews/DAT junto aos dados disponibilizados pelas secretarias de Saúde das cidades do Alto Tietê e com a Secretaria de Estado da Saúde mostrou um leve aumento no número de pacientes internados com o novo coronavírus (Covid-19) na região.

A Secretaria de Saúde de Suzano informou por meio de suas redes sociais que, depois de oito dias sem registrar pacientes, fechou a última semana com uma taxa de ocupação de 6,06% de ocupação de leitos em sua rede pública municipal, sem detalhar ocupação de leitos de Enfermaria e Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

A Secretaria de Estado da Saúde, por meio do Censo Covid, registrou dois pacientes no Hospital Auxiliar de Suzano, de um total de vinte leitos disponíveis, o que equivale a uma ocupação de 15% - na semana passada, o número era de 31,2%.

A Prefeitura de Mogi das Cruzes, em sua página na internet, informou que até o fim de segunda-feira 48 dos 320 leitos de UTI contavam com pacientes, ou 15% de proporção - um leve aumento em relação à última apuração, que era de 12,8%. Já os leitos de Enfermaria seguem com 3,32%, com 32 dos 962 pacientes registrados nas unidades hospitalares.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, o Hospital Santa Marcelina de Itaquaquecetuba conta com quatro pacientes de dez vagas cada nos setores de enfermaria e de UTI, o que equivale a 40% da sua capacidade. Ontem, a Secretaria de Saúde da cidade informou que a Central dedicada ao tratamento da Covid-19 será desativada para retomar as atividades do Centro de Saúde Infantil (CSI). Os casos do novo coronavírus, segundo divulgação da municipalidade, continuarão sendo atendidos na Unidade de Pronto Atendimento do Jardim Caiuby e no Centro de Saúde da Vila Zezuína.

No Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos, a Secretaria de Estado da Saúde, informou que oito dos 26 leitos de UTI contam com pacientes, o que representa ocupação de 30,7%. No setor de enfermaria, aproximadamente três pacientes de 26 vagas estão internados, o que representa taxa de 11,5%.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, a Região Metropolitana de São Paulo possui 34.5% dos leitos de UTI (contra 35,7% da última leitura) e 27,6% dos leitos de enfermaria (contra 27,4% dos leitos da última leitura).

Em relação aos casos e mortes por Covid-19, o Estado de São Paulo registrou ontem 4.291.993 casos de doença durante toda a pandemia e 146.567 óbitos. Amanhã deverão ser conhecidos os dados mais recentes para o ALto Tietê.

Deixe uma resposta

Comentários