Oficinas temáticas do Participa Mogi tem início

Mogi - Iniciaram ontem as oficinas temáticas do Programa Participa Mogi, a plataforma permanente de participação popular criada pela Prefeitura de Mogi das Cruzes para oferecer à população um espaço de debate, troca de ideias e diálogo, estimulando a presença dos cidadãos no desenvolvimento do município.

As oficinas serão realizadas das 18h30 às 20h30, na Escola de Empreendedorismo (rua Senador Dantas, 326 - Centro), e a participação é gratuita. A participação pode ser presencial ou online. Para se inscrever, acesse https://participa.mogidascruzes.sp.gov.br/#/encontros. As vagas são limitadas.

Ontem, o tema da oficina será "Educa Mogi" e o debate abordará o ensino em Mogi das Cruzes, incluindo alunos e professores. Hoje, será a vez da oficina "Primeiros Passos", que abordará a formatação da política municipal pela primeira infância, para crianças de 0 a 6 anos. Já amanhã, a oficina terá o tema "Mogi Eficiente", que discutirá a implementação uma gestão estratégica de custos e receitas, na busca de eficiência.

As oficinas ocorrerão durante todo o mês de setembro, com vários temas, entre eles aprimoramento da gestão pública, habitação, infraestrutura, saneamento, mobilidade urbana, redução da pobreza, saúde, cultura, esporte, segurança, emprego e renda. O programa realizará um debate permanente sobre os destinos de Mogi das Cruzes, sempre buscando a participação efetiva da população.

Lançado no dia 4 de agosto, o Participa Mogi é um processo de institucionalização de uma política pública de participação social elaborada pela atual gestão, que possui entre seus pilares o diálogo e a participação com a população. Inicialmente, a plataforma foi utilizada na construção coletiva do Plano Plurianual como um espaço livre de contribuição do munícipe, para a apresentação de ideias, sugestões, projetos e também para a inscrição nos encontros, realizados em formato online, que discutiram o Plano Plurianual (PPA) e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

As reuniões ocorreram no dia 16 de agosto, sobre o PPA, com o tema "O que estamos planejando para os próximos 4 anos?", e no dia 17 de agosto, LDO, com o tema "Para onde vai nosso dinheiro em 2022?". Na experiência pioneira do PPA, houve 332 contribuições. Além disso, os mogianos que compareceram ao Cemforpe também foram ouvidos e puderam apresentar demandas e sugestões. A coleta de informações para o PPA foi encerrada e atualmente a plataforma está com contribuições abertas para a construção da Lei Orçamentária Anual (LOA) até o dia 12 de outubro.